Notícia

Arcos 30 Março 2020 Por ACE/CDL Arcos

NOTA OFICIAL AOS ASSOCIADOS ACE CDL ARCOS


Compartilhe:

Caros Associados,

A ACE CDL Arcos representando seus associados no comitê de enfrentamento ao COVID19 e embasado na pesquisa realizada entre seus associados, protocolou os seguintes pedidos (conforme ofício em anexo):

a)    Inserção de prazo de validade no decreto para que tenhamos um horizonte e planejamento na retomada da força de trabalho;
b)    Retorno do comércio gradualmente conforme um plano de retomada e seguindo todas normativas e instruções da secretaria de saúde e OMS;
c)    Liberação imediata para o comercio trabalhar com delivery e disk-busque. Seguindo orientações do decreto Estadual em vigor;
d)    Intensificação das barreiras sanitárias, principalmente junto às grandes empresas e ao fluxo de caminhões.

 

Ressaltamos que, durante a reunião a ACE, representada pelo seu presidente Ivis Andrade, foi incisiva nas solicitações, principalmente quanto ao retorno gradativo do comércio. Algumas das solicitações já foram aceitas pelo comitê. Durante a reunião foi colocado em votação sobre o retorno das atividades do comércio em geral e as opções eram apenas de retorno em 1 semana, 2 semanas ou 3 semanas. A ACE foi a única que se posicionou a favor da retomada do comércio iniciando para a próxima semana.

 

É importante destacar que o maior peso quanto as decisões são, no momento, dos representante da área de saúde, mas temos a convicção que o colapso financeiro que pode ser gerado irá afetar diretamente os índices de desemprego, economia, criminalidade e, inclusive, amparo financeiro a saúde pública.

 

Quanto a pesquisa realizada entre os associados no último final de semana, sobre a retomada do comércio local, o resultado foi que mais de 77% dos participantes apoiam o retorno do comércio seguindo todas normativas e instruções da secretaria de saúde e OMS. Sendo 39,6% pela retomada gradual, 37,7% pela retomada imediata e 22,6% votaram que ainda não é o momento de retomar. O gráfico da pesquisa também está disponível no ofício.

A ACE reforça seu propósito junto aos empresários e continuará vigilante quanto as mudanças.

 

COMENTÁRIOS

Veja outras notícias