Notícia

Arcos 13 Fevereiro 2020

O Centro de Equoterapia Miguel Guerreiro precisa da sua ajuda para incluir mais crianças no tratamento, você pode ajudar?


Compartilhe:

  Você conhece o Centro de Equoterapia Miguel Guerreiro? Ainda não? Então irá conhecer agora, nesta entrevista que fizemos com Anderson Corrêa, que é o fisioterapeuta da organização.

 

   O Centro de Equoterapia e é uma associação que tem como finalidade levar um atendimento de equoterapia que é um recurso terapêutico da fisioterapia e da terapia ocupacional destinada a todos aqueles que se encaixam no protocolo do centro. A ideia inicial da criação do Centro, começou através da necessidade do Miguel Neto da Tica de ter o atendimento de equoterapia para proporcionar a ele uma melhor qualidade de vida e assim foi fundado em 9 de março de 2019 o Centro de Equoterapia Miguel Guerreiro, uma associação sem fins lucrativos que conta com uma equipe de voluntários para realizem as atividades em geral.

 

   O Centro de Equoterapia Miguel Guerreiro está em uma campanha em busca de pessoas e empresas para contribuir financeiramente com qualquer valor para que tenham mais verba para inserir mais 5 crianças que estão na fila de espera para participarem do tratamento de equoterapia, e para ajudar você pode entrar em contato pelos telefones:

 

Diego Alves (37) 9984-3236

Padaria Niteroi: 37 3351-0339

 

   Confira a baixo a sessão de perguntas e respostas entre o Portal Arcos e Anderson Corrêa, fisioterapeuta do Centro de Equoterapia, para que se possa conhecer mais sobre a associação e o trabalho que desenvolvem:

 

Portal Arcos: A equipe que desenvolve o trabalho no Centro de Equoterapia é voluntariado? Caso sim, como se pode fazer parte?

Anderson Corrêa: Sim, hoje temos a Ana Paula que é Assistente Social, para aqueles que possuem um tempo disponível para ir ao centro e ajudar de qualquer forma estamos sempre precisando de voluntários.

 

Portal Arcos: Atualmente são quantas crianças em atendimento no Centro?

Anderson Corrêa: Hoje estamos com 12 crianças, sendo 4 de Japaraiba e 8 de Arcos.

 

Portal Arcos: Qual valor médio de custo de cada criança para que mantenham o centro?

Anderson Corrêa: Cada criança tem um custo de R$300,00 ao mês e para arcar com este, o dinheiro é todo através de doações de pessoas físicas, e há  algumas crianças particulares. Agora também poderemos ter pessoas jurídicas através da associação que criamos para poder abater no imposto de renda das empresas e de pessoas físicas.

 

Portal Arcos: Quais serviços são disponibilizados para as crianças e de qual forma isso melhora a qualidade de vida desta?

Anderson Corrêa: Atualmente contamos apenas com a fisioterapia. A equoterapia, consiste no tratamento de deficientes com cavalos e seus principais benefícios são a melhora do equilíbrio e a postura, desenvolvimento da coordenação motora, estimulação da sensibilidade tátil, visual e auditiva, aumento a força muscular, facilita a integração social, desenvolvimento da motricidade fina, estimulação do funcionamento dos órgãos internos, aumento da autoestima e da autoconfiança, estimulação do afeto, devido ao contato com um animal, promove a sensação de bem-estar.

 

Portal Arcos: Tem mais crianças para participarem do Centro?

Anderson Corrêa: Sim,  temos uma fila de espera, mas o dinheiro é pouco para tanta criança.

 

Portal Arcos: Como uma criança pode fazer parte do Centro de Equoterapia?

Anderson Corrêa: Primeiramente ela precisa de um encaminhamento do médico e então ela passa pela assistente social para verificar quais são as condições da família e depois se faz a avaliação fisioterapeutica para iniciar o tratamento.

 

Portal Arcos: Acriança que faz o tratamento tem uma taxa a pagar?

Anderson Corrêa: NÃO, o tratamento é custeado através de doações

 

Portal Arcos: De qual forma a população pode ajudar em doações?

Anderson Corrêa: A população pode ajudar doando qualquer quantia ou através de trabalho voluntário.

 

Portal Arcos: Como podem ser feitas as doações?

Anderson Corrêa : Em Arcos e só ligar na Padaria Niterói ou pro Diego que ele busca em casa ou a pessoa pode passar lá e deixar.

 

Diego Alves (37) 9984-3236

Padaria Niteroi: 37 3351-0339

 

Para doações por depósito:

 

Caixa econômica Federal

Agência 1696

Operação 013

Conta 00019032-2

Diego Gustavo G Alves

 

 

Portal Arcos: Vocês tem a estimativa referente ao valor que precisam para incluir as crianças que estão na fila no tratamento?

Anderson Corrêa: Hoje o Centro necessita de R$300,00 por praticante e temos 5 crianças na fila, então seria o valor respectivo.

 

Portal Arcos: Empresas podem patrocinar a associação?

Anderson Corrêa Sim, hoje temos como descontar no imposto de renda. E faço um apelo não doem para o governo doem para o centro para incluir as crianças da fila.

 

  Muita vezes uma pequena oferta produz grandes efeitos para quem possui limitações no seu dia a dia. Faça uma doação para o Centro de Equoterapia ao tratamento de quem tanto necessita. O importante não é o valor que se dá, mas o amor com que se dá!

 

 

COMENTÁRIOS

Veja outras notícias