Notícia

Projetos de redução de Salários de prefeito e vereadores ficam para semana que vem

Pedido de vista adia a votação


Compartilhe:

Na reunião ordinária de hoje (06) na Câmara de Vereadores de Arcos, estavam em pauta para discussão e votação os projetos de Lei Resolução n° 001/2019 que FIXA OS SUBSÍDIOS DOS VEREADORES DA CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS e o Projeto de Lei n° 002/2019 que FIXA OS SUBSÍDIOS DO PREFEITO, DO VICE-PREFEITO E SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DO MUNICÍPIO DE ARCOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Ambos de autoria do Vereador Luiz Henrique Sabino Messias.

 

Porém, após as leituras das emendas modificativas ao projeto, o vereador Jamir pediu para que fosse suspensa a reunião por 10 minutos para que pudessem deliberar sobre.

 

Ao retornar, o Vereador Geraldo Adriano, pediu vista, para que durante a semana, todos os vereadores possam sentar e verificar sobre a questão do projeto, por se tratar de um projeto importante e para que se chegue a um consenso.

 

O pedido de vista foi aprovado por 12 votos a 0, e ambos os projetos retornam para a pauta na próxima segunda, 13 de maio de 2019.

 

Sobre:

 

O vereador Luis Henrique Sabino Messias propôs um projeto de lei que consiste na redução do subsídio de prefeito, vice-prefeito, dos vereadores e secretários municipais para entrar em vigor na próxima gestão de Arcos.

 

    O projeto tem por finalidade diminuir 50% de subsídio do prefeito e dos vereadores que cairia para R$12.112,20 e R$3.074,60 respectivamente, além de 20% do vice-prefeito e secretários que receberiam R$5.167,12 e R$6.380,52. Se aprovada as reduções, além da economia que será gerada pela redução de cadeiras na próxima legislatura, uma nova economia de aproximadamente 2 milhões de reais em 4 anos de governo, valor que poderá ser utilizado a favor da população de Arcos.

 

Outra emenda, de Autoria dos vereadores Geraldo Adriano da Silva, Marcelo Geraldo Estavam Silva, Maria Aparecida Alves, foi apresentada e propõem a redução de 35% sobre os valores dos subsídios dos vereadores, passando para o valor de R$ 3.996,98 na próxima gestão.

COMENTÁRIOS

Veja outras notícias