• 17/06/2024
17 Maio 2024 às 16h15

INFÂNCIA: fase da construção psíquica da criança

A fase da infância é onde nos deparamos com o desconhecido, e com várias descobertas sobre o mundo, e com diversas transformações que vamos vivenciando no decorrer deste período. É o momento em que a criatividade se expressa de forma fácil e livre.

Os primeiros afetos estão sendo construídos e esses vão ser essenciais para encorajar a criança diante da vida e do futuro, proporcionando acolhimento e amor. Monstros imaginários e medos fantasiosos podem surgir sim, porém é preciso cuidado, e entender e escutar a criança em cada detalhe. Entender o significado dos seus medos é muito importante para a proteção física e psicológica da criança.

Atenção para mudança de comportamento, seja a agressividade ou o isolamento, a mudança de comportamento da criança significa que é o momento de cuidar de sua saúde mental. Sendo muito importante para o desenvolvimento da criança e na prevenção de maiores problemas na fase da adolescência e na fase adulta.

A Psicoterapia Infantil vem para auxiliar na atenção a essa fase tão importante para a nossa construção psicológica. Exercendo um papel importante para que a criança possa expressar de forma lúdica os medos, as inseguranças, as angústias. Pois é através do brincar que a criança vai expressar o seu mundo simbólico.

O terapeuta através da brincadeira, exerce um papel de facilitador, identificando eventos traumatizantes, o medo, a agressividade e entre outros sentimentos e comportamentos que a criança possa ter, dando o auxílio para que a criança possa de forma saudável ressignificar e encontrar recursos para enfrentar e se posicionar, sem prejuízos psicológicos no seu dia a dia.

Encontros periódicos com os pais serão importantes ao longo da psicoterapia. A participação dos pais neste processo é imprescindível para sua evolução, muitas vezes, se faz necessário solicitar aos pais informações, como também, oferecer-lhes auxílio para o desenvolvimento satisfatório do processo psicoterapêutico. A parceria com a escola também é importante, já que, é no ambiente escolar que a criança passa boa parte do tempo.

Passamos por um momento de vários acontecimentos sociais que nos fazem perceber o quanto o cuidado com as crianças se faz importante. Desta forma, escute mais, quando uma criança tem medo de alguém. Quando uma criança não gosta de estar perto de alguém.

Quando uma criança fala: Eu não quero! Quando uma criança está assustada. Quando uma criança não vai com determinada pessoa. Estimule sempre a criança a falar o que está sentindo. “Escute!” Não é coisa de criança. Não é besteira. Não é invenção da cabecinha dela. Escute!

Agende já o seu horário com Selma Rodarte

 

Selma Rodarte Psicóloga

Psicóloga/CRP04-49528

Telefone para contato: 037 99860-2600

VEJA TAMBÉM

Principais ocorrências policiais dos últimos dias

O fim de semana foi marcado pelo registro de 04 ocorrências de destaque em Arcos.

10h52 17 Junho 2024