• 17/06/2024
19 Abril 2023 às 08h59

Bem aventurados aqueles que são brandos e pacíficos!

Bem aventurados aqueles que são brandos, porque eles possuirão a Terra.[1]

Bem aventurados os pacíficos, porque eles serão chamados filhos de Deus. [2]

 

Nos últimos dias, tem ganhado o noticiário, acontecimentos de violência cada vez mais intensa, que fazem chocar a todos na sociedade. Já elucidamos anteriormente, que vivemos em um planeta que recebe a denominação de Provas e Expiações, apenas o segundo no degrau da evolução dos planetas. A característica desse tipo de planeta é a prevalência do mal sobre o bem, fazendo com que notícias de violência sejam realidade em nosso dia a dia.

 

Cabe salientar que quem faz com que o planeta receba essa denominação, somos nós, os espíritos que aqui estamos, ora encarnados, ora desencarnados, que ainda trazemos a inferioridade arraigada em nós.

 

E por que o mestre Jesus nos ensinou que os brandos são bem aventurados, pois possuirão a Terra? Já foi dito também que nosso planeta vive a fase final de sua transição para planeta de regeneração, onde a lei de amor se fará realidade. Kardec nos diz, no Evangelho Segundo o Espiritismo [3], que quando a lei de amor e de caridade for a lei da Humanidade, não haverá mais egoísmo; os fracos e os pacíficos não serão mais explorados e nem esmagados pelos fortes e violentos; tal será o estado da Terra quando, segundo a lei do progresso e a promessa de Jesus, ela tornar-se-á um mundo feliz, pela expulsão dos maus.

 

Manoel Philomeno de Miranda, no livro Transição Planetária [4], nos traz que espíritos que permaneceram detidos em regiões especiais durante alguns séculos, de maneira que não impedissem o desenvolvimento do planeta, renascem com formosas constituições orgânicas, fruto da seleção genética natural, entretanto, assinalados pelo primitivismo em que se mantiveram. Prossegue dizendo ainda que nesse comenos, os irmãos geradores de distúrbios e de conflitos, os guerreiros contumazes e arruaceiros, aqueles que se comprazem nos campeonatos da perversidade, por sintonia vibratória transferir-se-ão para outro planeta cuja psicosfera seja compatível com as suas condições, recebendo-os em exílio temporário, quando aplicarão os conhecimentos tecnológicos para auxiliar os seus habitantes, sofrendo a dor da saudade, da separação dos afetos e preparando-se moralmente para o retorno, para a ascensão.

 

Portanto meus amigos, prossigamos buscando seguir os ensinamentos que o mestre Jesus nos trouxe há dois séculos, a fim de que a cada dia consigamos nos tornar brandos e pacíficos, para, dessa maneira, conquistarmos o direito de permanecer nessa Terra Regenerada, onde o bem será realidade, pela presença dos verdadeiramente bons.

 

Abraços fraternais e uma ótima semana a todos!

Éverton Silva

([email protected])

 

Centro Espírita Bezerra de Menezes

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

Reuniões Públicas às terças feiras às 20hs e às quintas feiras às 19:30hs.

Aos sábados: Evangelização infantil e Escola de pais às 09:30hs; às 17h Campanha do Quilo e às 18:30hs Mocidade espírita.

 

Referências:

  1. MATEUS, 5:5
  2. MATEUS, 5:9
  3. KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o Espiritismo. Cap. IX, pág. 96.
  4. MIRANDA, Manoel Philomeno. Transição planetária. Pág. 33.

Fonte da imagem: Disponível em https://pixabay.com/pt/users/geralt-9301/?utm_source=linkattribution&utm_medium=referral&utm_campaign=image&utm_content=4241708

Colunista
CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

VEJA TAMBÉM

Principais ocorrências policiais dos últimos dias

O fim de semana foi marcado pelo registro de 04 ocorrências de destaque em Arcos.

10h52 17 Junho 2024