• 11/08/2022
05 Agosto 2022 às 11h58
Fonte de Informação: Da Redação - Cecília Calixto

Professora Lara Naine é selecionada entre 46 pessoas do Brasil para fazer um curso em Portugal

Em Arcos, a professora Lara Naine Rodrigues, que leciona na Escola Municipal Yolanda Amorim de Carvalho é uma das duas pessoas escolhidas no Estado de Minas Gerais para fazer uma capacitação na Universidade de Porto em Portugal. Ela foi escolhida entre 46 pessoas de todo o Brasil, onde apenas duas vagas foram disponibilizadas no estado de Minas Gerais. A oportunidade surgiu por meio do programa ‘Tempo de Aprender’.

Para falar um pouco mais sobre sua conquista, a Secretaria Municipal de Educação realizou na última quarta-feira (03) uma coletiva de imprensa na Escola Municipal Yolanda Amorim de Carvalho.

 

“É mais um feito para a cidade. Neste grande contingente de Minas Gerais, nós temos a Lara indo para Portugal representando o Estado e a cidade de Arcos” – Lidiane Oliveira

No início, a Secretária Municipal de Educação, Lidiane Oliveira, explicou sobre como funciona o programa ‘Tempo de Aprender’, e como ele começou a ser aplicado no município: “Quando nós assumimos a Secretaria de Educação, veio junto uma responsabilidade muito grande, pois foi pós-pandemia. Então nós precisávamos saber qual método usar para repor essa defasagem escolar. Então, as coordenadoras da Semed fizeram a adesão ao projeto ‘Tempo de Aprender’, pois nós acreditamos ser uma ferramenta rica. É um projeto do Governo Federal, do MEC, disponível para todas as escolas da Federação, mas, a adesão não é obrigatória”.

Ela explicou que inicialmente as coordenadoras fizeram um curso e depois começaram a capacitar todos os professores da rede municipal. “Então é um curso baseado na neurociência, voltado para a capacitação de alfabetizadores, e ele vem para suprir essa defasagem causada durante a pandemia. O projeto é destinado principalmente para a pré-escola, do 1º ao 2º ano do fundamental, das escolas públicas”.

Segundo Lidiane, além da capacitação realizada com os professores, o MEC também disponibilizou 100 vagas para todo o Brasil, para uma capacitação continuada em Portugal, durante dois meses. Parte dessas vagas foram destinadas as Universidades Federais, sobrando 46 vagas de livre concorrência para as pessoas que aderiram a capacitação. Dentre as 46 vagas, foram disponibilizadas apenas duas para o Estado de Minas Gerais.

“E nós tivemos a felicidade da Lara se inscrever e ser uma das escolhidas para a capacitação. Ela ganhou tudo, o material didático, o curso pelo MEC, a hospedagem e uma ajuda de custo em Euro para ela ficar lá durante este período. Ela não foi sorteada, pois eles fazem uma análise dos professores. São dois critérios, análise técnica do currículo e depois a meritocracia por meio do projeto que é desenvolvido dentro de sala de aula”.

“É mais um feito para a cidade. Neste grande contingente de Minas Gerais, nós temos a Lara indo para Portugal representando o Estado e a cidade de Arcos”.

 

“Receber a notícia foi um misto de sentimentos. Eu fiquei nervosa, emocionada, grata” – Lara Naine Rodrigues

Lara Naine Rodrigues, leciona durante a manhã na Escola Municipal Yolanda Amorim de Carvalho e a tarde na rede privada. Ela é graduada em Pedagogia e tem pós-graduação em Alfabetização e Letramento, Psicopedagogia, Neuropsicopedagogia e em docência pelo IFMG. E vários outros cursos de especialização.

Na coletiva, ela falou um pouco sobre seu amor pela pedagogia: “Eu estudei nesta escola, aqui no Esplanada, até o 9º ano. Depois estudei no Berenice e fiz todo o ensino médio. Quando eu terminei eu fiz o ENEM e eu passei na federal para medicina e medicina veterinária, mas, nadei contra a corrente e quis fazer pedagogia na Unifor, formei em 2017”.

 

Projetos desenvolvidos

Lara também explicou um pouco sobre o projeto que ela vem desenvolvendo na escola, por meio do “Tempo de Aprender”. Segundo ela, foi solicitado que os professores desenvolvessem dois projetos: “O primeiro projeto é sobre como eu aplicaria o conhecimento que eu adquiri no curso com os alunos. Nós temos o projeto momento de leitura, onde todas as pessoas da escola têm 30 minutos de leitura na segunda-feira e aí todo mundo vai para o pátio para ler, essa é uma das partes do projeto”.

“E tem algumas atividades aqui que eu já fiz e que eu carrego dentro de uma mala, eu fiz para aplicar em sala de aula. Inclusive dentro desse projeto tem uma mascote que se chama Silarico, é uma mascote de Portugal, que ajuda as crianças com este projeto. Mas, é um projeto que ainda não foi finalizado”.

O segundo projeto seria sobre como ela faria para divulgar esse conhecimento com os outros professores de Minas Gerais. “Porque, desde o início foi mencionado que o objetivo, de quando nós retornássemos, é formar outros professores em 2023, com o conteúdo deste curso. Então, eu coloquei na minha proposta, que farei vídeos e reuniões de módulo, proporcionados pela própria SEMED, com os professores da rede para capacitá-los”, explicou.

 

“Quando a gente vê esse resultado vindo do nosso trabalho é muito bom” – Lara Naine

Perguntamos para ela sobre como foi receber a notícia de que foi escolhida para fazer a capacitação em Portugal. Em resposta ela nos disse: “Receber a notícia foi um misto de sentimentos. Eu fiquei nervosa, emocionada, grata. A princípio eu fiquei muito nervosa, a minha família é muito simples e humilde e todo mundo está muito nervoso, pois eu nunca saí do país. Tem nervosismo, tem ansiedade, mas, estamos todos muito felizes. Eu recebi muitas mensagens carinhosas, muitas ligações nos últimos dias e eu fiquei com o coração apertado, fiquei muito emocionada e feliz”.

Ela também comentou que se sente feliz por ver o seu trabalho sendo reconhecido.

“Quando a gente vê esse resultado vindo do nosso trabalho é muito bom, muito importante, porque a gente houve a sociedade questionando: ‘Para quê pedagogia? Porquê ser professora? Isso nem dá dinheiro’. Mas, o reconhecimento e poder mostrar para as pessoas, principalmente para aquelas que não acreditavam que eu deveria ser professora, que eu consegui algo grandioso é muito gratificante”.

Lara mencionou que se sente muito grata por esta conquista e disse que sempre fala com seus alunos sobre a importância de estudar e se destacar. “Eu falo todos os dias em minha sala de aula, que hoje nós temos que ser melhor do que fomos ontem, não melhor que os outros e sim melhor que nós mesmo. Falo todos os dias com eles que vale a pena estudar e que temos que nos destacar desde agora para termos oportunidades futuras, para ter um futuro brilhante e excepcional”.

E ao final, ela deixou uma mensagem motivadora a todos que pensam em seguir a profissão de professor.

“O trabalho vale a pena e eu acho que não tem dinheiro no mundo que pague o sentimento de ver uma criança que não estava lendo e de repente ela lê para você. Não tem nada no mundo que pague a carinha que eles fazem, o carinho que eles têm pela gente e o sentimento que é poder ensinar. Nada paga o sentimento de gratidão que você recebe dos alunos”.

VEJA TAMBÉM

Alegria x Felicidade

13h26 08 Agosto 2022