Notícia

Arcos 15 Novembro 2021

A melhor parte


Compartilhe:

   Nos dias atuais da humanidade, muitos tem sido os momentos em que nos encontramos angustiados e opressos. São incontáveis dificuldades, compromissos inadiáveis, deveres e obrigações que esgotam as horas e trazem a incômoda sensação de que a vida nos escapa por entre os dedos.  

 

    Nesse frenético cotidiano dos homens, o homem tem por muitas vezes, negligenciado a si mesmo. Necessitado da alma, na lida terrena, tem preferido, recorrentemente, conquistar as riquezas do mundo, e, dentre todas as possibilidades de progresso que a misericórdia divina lhe concede, tem ele há séculos desprezado o que é essencial.  

 

    O evangelista Lucas no capítulo 10, versos 38 a 42 de seu livro, nos conta um singelo episódio de Jesus ocorrido em casa de seu amigo Lázaro: “E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa.  E tinha esta uma irmã, chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava distraída em muitos serviços e, aproximando-se, disse: Senhor, não te importas que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe, pois, que me ajude.  E, respondendo Jesus, disse-lhe:  Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas,  mas uma só é necessária; e Maria escolheu a melhor parte, a qual não lhe será tirada.” i 

 

   É preciso reconhecer que o texto bíblico está repleto de simbolismos e figuras poéticas, porém, é inegável a consonância guardada com os desafios dos dias onde nos encontramos hoje. 

 

      Diante do Cristo e de sua mensagem renovadora, Marta escolheu cuidar dos interesses corriqueiros da vida terrena. Estava frente a frente com a carta viva do evangelho endereçada por Deus à humanidade, mas se manteve distraída com os compromissos e interesses cotidianos. Seu coração estava angustiado e fatigado com as muitas coisas que nos tira o foco do que é realmente “necessário”. 

 

     A doutrina espírita ao matar a morte e revelar sem mistérios a infinitude da vida, traça de maneira insofismável um novo paradigma para a existência terrena. Esse novo modelo de valores, muda, para os que dele se convencem, a visão do mundo, questiona os verdadeiros objetivos da encarnação e quais as nossas reais necessidades. 

 

    Muitos de nós repetimos por vezes o comportamento de Marta, recebemos em nossa casa mental a visita de Jesus, mas não O ouvimos, nos colocamos diante Dele nas igrejas, nos templos, nas casas espíritas, mas não assimilamos Seus ensinamentos valiosos. Marta representa o homem angustiado e oprimido de hoje, preocupado em demasia com as questões do mundo, esquecido de sua essência espiritual, aquele que anda ansioso com as muitas coisas de natureza efêmera como a própria encarnação. 

 

   Maria é o símbolo do homem em transformação. Identificou a oportunidade e acercou-se de Jesus, deixou-se iluminar por ele, bebeu suas palavras. Percebeu a preciosidade do momento e soube redefinir suas prioridades.  

 

     É certo que cada indivíduo detém certa dose de compromissos e deveres no quadro das lutas terrenas, vale lembrar, porém, que somos Espíritos imortais em experiência temporária no mundo, e se nos é lícito despender tempo e energia no manejo dos problemas comuns da existência, faz-se necessário a mesma disposição no que se refere aos assuntos inadiáveis da alma. 

 

    Quando o peso de nossas angustias envenenar nossas emoções, diante das incertezas que nos ameace o equilíbrio, frente aos desafios que pareçam nos sobrepujar as forças, lembremo-nos da figura frágil de Marta, angustiada com “muitas coisas”, e imitemos Maria, que sentada aos pés de Jesus, deixou-se envolver por sua doce presença e escolheu para si a melhorparte. 

 

Abraços fraternos. 

 

Joel Bazilio Costa 

 

Centro Espírita Bezerra de Menezes 

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG 

Reuniões públicas às terças feiras às 20hs e às quintas feiras às 19:30hs. 

Aos sábados, mocidade espírita às 18:30hs.  

 


CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

COMENTÁRIOS