Notícia

Saiba Mais 01 Junho 2021

Vários fatores, como vimos anteriormente, afetam os cabelos, levando-os a cair ⠀


Compartilhe:

Alguns podem ser pontuais, como pós-cirurgia, gestação, febre e infecções, resultando na queda capilar mais acentuada por um determinado momento. Mesmo assim, a avaliação do dermatologista deve ser realizada.⠀


Além dos procedimentos químicos também influenciarem na queda, a ausência de vitaminas no corpo, as alterações hormonais e a utilização do secador e chapinha com frequência também danificam os fios do cabelo, tornando-os quebradiços e, consequentemente, intensificam a queda. ⠀


Outro ponto são os traumas emocionais, como o estresse e a ansiedade, que implicam em uma grande perda de minerais e vitaminas fundamentais para o crescimento e saúde dos fios. ⠀


Como consequência, alguns tipos de medicamentos tem como reação adversa a queda dos cabelos, assim como o tabagismo e a ingestão de bebidas alcoólicas em grandes quantidades e com frequência.⠀


Para evitar que seus cabelos caiam, mantenha-os sempre fortalecidos e saudáveis, com produtos antiqueda e fortalecedores. ⠀


Preserve sempre seus fios limpos e saudáveis, pois higienizá-los corretamente ajuda as madeixas a não se desprenderem da raiz com facilidade. ⠀


Como a dermatite seborreica também favorece a queda, quem já foi diagnosticado com a doença pode utilizar as linhas anticaspa, que são indicadas para tratar o couro cabeludo e reduzir o problema. ⠀



Se houver ausência de vitaminas, o seu médico pode receitar uma reposição oral para ajudar no fortalecimento, assim como medicamentos de aplicação local para auxiliar no crescimento dos fios e evitar a queda.⠀


Caso a sua queda de cabelo não seja resolvida, procure um dermatologista, pois essa intensa frequência na perda dos fios pode levar à calvície. ⠀


DERMAlife Medicina Personalizada⠀
@dermalife.mp.estetica ⠀
►Formiga: 3322.3724 98845.5535 (wpp)⠀⠀
Homeoped⠀
►Arcos: 3351.3806⠀⠀
⠀⠀⠀
Dra. Sarah de F. M. Costa⠀⠀
CRMMG - 50408⠀⠀
IG: @drasarahmiranda

COMENTÁRIOS