Notícia

PREFEITURA AVANÇA NA SOLUÇÃO DE PROBLEMAS DO PÁTIO DE MANOBRAS DA REDE E TRAVESSIA NA BR 354


Compartilhe:

Foto: AssCom Prefeitura

A cidade de Arcos possui dois graves problemas de alto custo, que ultrapassam a casa de dezenas de milhões de reais, e impossíveis de serem solucionados com recursos próprios. Um deles é o pátio de manobras da Rede Ferroviária, que impede a passagem de veículos e pedestres, principalmente próximo ao ‘Pulo do Gato’, e entrada e saída do Jardim Bela Vista e bairros adjacentes. O segundo problema é a travessia urbana pela BR 354, que causa conflito entre o trânsito urbano local com o tráfego de veículos, inclusive de caminhões e carretas que passam pela rodovia.

Para buscar soluções aos transtornos gerados pelo pátio de manobras e da BR 354, o prefeito Claudenir José de Melo-Baiano e o vice Dr. Sérgio Vilela (ambos do PL) estiveram na Cidade Administrava (Belo Horizonte-MG), na terça-feira (6) passada, participando de uma reunião. Eles foram acompanhados pelos  assessores Daniel Ribeiro de Mendonça e Warley Rogério Fonseca.

Professor Baiano expôs, entre vários temas tratados, a necessidade de parceria com a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Governo Estadual e Governo Federal para buscar as soluções aos problemas do pátio de manobras e BR 354, que muito incomodam e importunam a população.

A CSN esteve representada por Marconi Perillo (assessor da presidência), Pedro Mercadante Oliva (assessor da Presidência), Edavldo Araújo Rabelo (diretor de Cimentos), Enéas Garcia Diniz (diretor Executivo de Mineração), Ednaldo Cruz Gomes (gerente-geral de Cimentos), Sérgio Longo (gerente-geral de Projetos) e Camilla Fernandes (Relações Institucionais).

O prefeito Baiano destacou a importância da confecção dos projetos da travessia urbana da BR 354 e da transferência do Pátio de Manobras. “Os projetos prontos e aprovados são um grande passo. Brasília não resiste a um bom projeto. Foi assim na construção da nova ETE. O Município fez o projeto, doou para o Governo Federal, a obra foi licitada pelo próprio Governo Federal e está pronta, em pleno funcionamento, beneficiando a população arcoense. Vamos iniciar esta importante empreitada fazendo e aprovando os dois projetos”.

As novas etapas serão decididas em reuniões agendadas, sendo a primeira delas marcada para a próxima semana.  

TRATATIVAS

A atual Administração, ainda no processo de transição,  iniciou uma cruzada em busca de parcerias para resolver os problemas do pátio de manobras e da BR 354.

Em 17 de dezembro foi realizada uma reunião com a gerência da CSN, unidade de Arcos, na sede da empresa.

Professor Baiano pediu o apoio da empresa ainda na solução dos seguintes problemas:

- Construir a terceira faixa da MG 170 em um trecho de aproximadamente 8 Km (iniciando próximo ao Posto Teixeirinha e seguindo até a empresa CSN)

-  Dar preferência à contratação de mão de obra aos arcoenses no processo de expansão e funcionamento da fábrica

- Parceria da CSN para ajudar nas Políticas Públicas de Arcos, a exemplo de Saúde, Educação, Esporte, Social, Segurança, entre outras

BOAS NOTÍCIAS

Os representantes da CSN, em especial, o Dr. Marconi Cirilo (Governador do Estado de Goiás por 4 mandatos), comunicou a realização da terceira fase do plano de expansão da CSN em Arcos, com investimentos na ordem de R$300 milhões, 2.500 empregos diretos/indiretos e alto potencial de geração de impostos e renda.

 

Assessoria de Comunicação da Prefeitura

COMENTÁRIOS

Veja outras notícias