Notícia

Informe Publicitário 27 Fevereiro 2020

Dicas para o carnaval: Tattoo de Henna e seus cuidados


Compartilhe:

A henna (do árabe hinna) pode ser tanto a planta chamada Lawsonia inermis como o corante (lawsona) dela extraído.


Tanto a própria planta como os aditivos diversos para dar tons mais escuros ao corante podem trazer algumas alergias.


A reação da pele pode ocorrer logo após a sua aplicação ou alguns dias após. Os sinais mais frequentes são a vermelhidão, a coceira seguida algumas vezes de vesículas ou bolhas e finalmente para uma pele fina, seca, escamosa e sensível. Dependendo da área tatuada, pode ser grave e sempre há possibilidade de reagir com a luz solar, então as que estão em áreas mais expostas podem evoluir com consequências mais graves.


Evitam-se as complicações, primeiro escolhendo um bom produto, aplicado por profissional treinado e à rapidez do tratamento junto com o médico.


Faça as tatuagens em locais mais seguros, como os estúdios com profissionais de confiança. Aos primeiros sinais de alterações na pele, procure um dermatologista o mais rápido possível.


A retirada da tatuagem pode ajudar, a técnica mais freqüente é a esfoliação da pele que deve ser cuidadosa para não piorar o quadro.

DERMAlife Medicina Personalizada
Formiga: 3322.3724 | 98845.5535 (wpp)

Dra. Sarah de F. M. Costa
CRMMG - 50408
IG: @drasarahmiranda

COMENTÁRIOS

Veja outras notícias