Centro Oeste / Arcos

Divulgado o novo Levantamento Rápido de Índice para o Aedes aegypti

100% dos focos observados estão nas residências, segundo o novo levantamento

O Governo de Arcos, através do Setor de Epidemiologia apresentou nesta semana os números de mais um LIRAa (Levantamento Rápido de Índice para o Aedes aegypti). O risco atual está em declínio (1,1%), quase entrando na classificação de Baixo Risco. Porém, os números expostos ainda inspiram muita atenção.

Veja no gráfico abaixo - a classificação de risco e a variação do índice em Arcos.

O número de imóveis visitados neste LIRAa foi de 1.211; maior do que o programado, que foi de 1.089.

Os bairros que apresentaram maior positividade foram: Cruzeiro, Jardim Bela Vista, Alvorada, Sol Nascente e Santa Efigênia.

 

Esforço conjunto  

Não é pelo motivo de estar fora do período chuvoso, que os cuidados e esforços - tanto da Administração Municipal quanto da população - devam cessar. A vigilância deve continuar sistêmica e em estado de alerta máximo, evitando focos e condições que favoreçam o aparecimento de criadouros do mosquito. “Qualquer descuido pode significar transtornos para a saúde pública de Arcos. A palavra de ordem continua sendo a ‘prevenção’, e cada um deve fazer a sua parte nessa batalha contra a dengue”, reafirmou o Responsável pelo Setor de Epidemiologia, Tiago Carvalho.

LIRAA aponta 100% dos focos em residências

É fundamental que a comunidade entre nesta luta de verdade, já que, de acordo com o levantamento, os focos observados se encontram em imóveis habitados (100%). E os principais criadouros identificados neste último LIRAa foram – ralinhos de banheiro, vasos de planta, depósito de degelo de geladeira, caixa de passagem, caixa de gordura.

Mais fotos desta notícia

Tags .

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

, 0,

Baixe Aplicativo do Portal Arcos