• 21/04/2024
18 Março 2024 às 08h48

Sem reclamar!

“Fazei tudo sem murmurações nem contendas”. Filipenses,2:14

O apóstolo Paulo, nesta belíssima carta à comunidade de Filipos, nos convida a imitar a humildade do Cristo, evitando reclamações e discussões com o próximo.

 

Provavelmente, você convive com pessoas que reclamam da vida, das circunstâncias, das coisas, das outras pessoas, de quase tudo. Ao encontrá-las nas ruas, no trabalho ou em casa, você já nem se atreve a fazer a clássica pergunta — Como vai? porque, se perguntar, já sabe as respostas: elas vão te contar como estão se sentindo horríveis e reprimidas durante alguma situação social e política do país, sobre a saúde que está precária, como as suas vidas estão péssimas, como seus salários são ruins, reclamam se o clima está frio ou se está quente, se chove ou se faz sol. Vivem permanentemente no passado.

 

Provavelmente, você também passou ou passa por essa fase, não é? Remoendo sobre tudo e sobre todos que querem te prejudicar, acusando o governo, as pessoas, os objetos, o demônio, o obsessor e principalmente a Deus por todos os seus males.

 

Para alguns de nós, reclamar se tornou um hábito irresistível, um vício, talvez até inconsciente, uma espécie de assunto para as conversas ou motivação para viver, de tal modo que, se a pessoa não tiver algo do que reclamar, a vida perde o sentido.

 

O Cristo afirma que “Há muitas moradas na casa de meu Pai”(1), e para o Espiritismo, além de outras coisas, isso quer dizer que todos os mundos do Universo infinito têm Espíritos reencarnados neles, estando configurados numa categoria provisória, determinada pelo nível espiritual dos seus habitantes encarnados e desencarnados, sendo que estes níveis sobem proporcionalmente à melhoria moral de seus habitantes. A Terra, mundo em que estamos encarnados no momento, está ainda no nível de EXPIAÇÕES E PROVAS(2), ou seja, onde predomina o sofrimento e o mal, por estar habitado por Espíritos ainda inferiores, por enquanto. Esta condição de imperfeição pode nos estimular a queixumes improcedentes, por não entendermos que tudo muda e melhora à medida em que NÓS mudamos e nos melhoramos, combatendo defeitos e transformando-os em virtudes. Nós melhoramos, o mundo melhora.

 

Determinados sinais indicam, segundo os Espíritos superiores(3), que nosso mundo está entrando numa fase de transição, nos portais da Era de Regeneração, fase em que o bem prevalecerá sobre o mal, embora muitos de nós ainda não consigamos visualizar as coisas boas que já nos cercam e que nos acontecem, fixando-nos de uma forma irracional no passado. Trata-se de característica forte de expiação e prova.

 

Quer sair desta faixa? Você quer ser a carta viva do mundo de regeneração agora? Não depende do governo, nem de dinheiro, de beleza, de posses, de status social, da raça ou deficiência física em que você está neste momento, nem mesmo de saúde. Depende da sua vontade em ser uma pessoa melhor. Amando a Deus sobre todas as coisas, desenvolvendo o auto amor da maneira e proporção corretas, você amará o seu próximo como a si mesmo, sem egoísmo travestido em outras representações, pois esta trindade DEUS, EU E O PRÓXIMO é a base da obra de Deus para a nossa felicidade real.

 

Que tal converter problema em oportunidade, inimigo em professor, dificuldade em desafio, dor em sinal e reclamação em pedido? E se você parar para pensar verá que tem muito mais a agradecer do que a reclamar. Todos temos dificuldades que por vezes nos parecem intransponíveis, é perfeitamente normal, mas não justifica nos tornarmos reclamadores compulsivos. 

 

Lembre-se que Deus está no controle absoluto de tudo, e do alto de sua perfeição, nunca nos abandonou!

 

Muita paz a todos!

 

Ana Dulce Pamplona Frade

[email protected]

Centro Espírita Bezerra de Menezes

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

Reuniões Públicas às terças feiras às 20hs e às quintas feiras às 19:30hs.

Aos sábados: Evangelização infantil e Escola de pais às 09:30hs; às 17h Campanha do Quilo    e às 18:30hs Mocidade espírita.

 

Referências:

  1. João, 14:1.
  2. KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Capítulo 3. Itens 13, 14 e 15. Editora FEB.
  3. KARDEC, Allan. A Gênese. Capítulo 18. Editora FEB.

 Fonte da imagem: Disponível em https://pixabay.com/pt/photos/positivo-seja-positivo-sorriso-   725842/    

Colunista
CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

VEJA TAMBÉM

Oito dos nove vereadores mudam de partido antes das eleições municipais

Com o fim da janela partidária, aberta entre os dias 7 de março e 5 de abril deste ano, oito dos nove vereadores de Arcos trocaram de partido político. A única exceção é a vereadora Kátia Mateus, que se mantém no PL.

15h36 18 Abril 2024