• 25/05/2024
02 Janeiro 2024 às 15h10

Confira as principais ocorrências policiais deste fim de semana

As festas de fim de ano em Arcos foram marcadas pela presença constante e produtiva da Polícia Militar, que atuou tanto na prevenção criminal, com a ostensividade nas vias públicas e participação na segurança daqueles locais onde houve grande aglomeração de pessoas, como também na repressão qualificada de delitos, com o atendimento em ocorrências pontuais, das quais podemos destacar algumas.

Na sexta-feira (29), por volta das 21 horas, após notar a movimentação de vários usuários de drogas nas proximidades de uma casa situada à Rua Olegário Rabelo, bairro Brasília, policiais militares abordaram um adolescente de 17 anos - que já havia sido apreendido dias atrás pelo mesmo ato infracional, localizando três pedras de crack e R$ 619,00 em dinheiro de origem não declarada. Ele foi novamente conduzido à delegacia regional em Formiga, ficando à disposição da Polícia Civil. A mãe do adolescente foi acionada para acompanhar a ocorrência.

Já no sábado (30), diversas operações de trânsito e abordagens inopinadas a condutores foram feitas, resultando em nove boletins de ocorrência registrados somente naquele dia, com medidas administrativas que foram desde a advertência verbal e orientação até a aplicação de multas e remoção de veículos. Ressalta-se que a maioria dos casos envolveu motocicletas. 

E na noite da virada, já na madrugada do dia primeiro de janeiro, dois homens, de 24 e 29 anos, naturais das cidades de Oliveira e Belo Horizonte, foram presos por tráfico de drogas após abordagem policial na Praça Floriano Peixoto. Inicialmente foram encontrados com eles um pino e dez papelotes de cocaína. Os autores afirmaram ter adquirido a droga na capital mineira com o propósito de comercializar o produto oportunamente. No desenvolvimento da ocorrência, mais drogas foram localizadas e apreendidas, totalizando a expressiva quantidade de 84 papelotes e um pino de cocaína.

No período também foram registras ocorrências de ameaça, furto, atrito verbal e outros casos de menor potencial ofensivo.

Agência Local de Comunicação Organizacional - 63°BPM

VEJA TAMBÉM