• 29/05/2024
09 Novembro 2023 às 12h05
Fonte de Informação: Da Redação - Cecília Calixto

Casos de Covid-19 voltam a aumentar em Arcos

Apenas no mês de outubro já foram 75 casos confirmados. Outubro foi o segundo mês do ano com o maior número de casos

Os casos de Dengue estão aumentando em Arcos, mas, os de Covid-19 também. O último boletim epidemiológico Covid-19 divulgado pela Prefeitura de Arcos foi em 04 de maio deste ano, até então, era o último mês com números altos.

Porém, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) continua divulgando o número de casos e de acordo com o Painel de Monitoramento dos Casos de Covid, neste mês de outubro o número de casos voltou a subir novamente. De acordo com os dados da SES-MG (dados não atualizados), apenas no mês de outubro já foram registrados o total de 48 casos confirmados da doença, sendo o terceiro mês do ano com o maior número de casos, o primeiro foi janeiro com 134 e o segundo maio com 53 casos.

Tendo em vista que os dados da SES-MG não estão totalmente atualizados, a reportagem do Portal Arcos solicitou da Secretaria Municipal de Saúde os dados sobre o número de casos da doença no município. De acordo com a secretaria, no mês de setembro foi registrado oito casos de Covid-19 e apenas no mês de outubro foram 75 casos confirmados.

De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde de Arcos, o mês de outubro foi o segundo mês do ano com o maior número de casos da doença. O mês com o maior registro da doença foi janeiro com 163 casos confirmados. Veja abaixo:

 

Novos casos - Pessoas que estão com Covid-19 pela primeira vez:

 

Jan/23: 163

Fev/23: 25

Mar/23: 31

Abr/23: 28

Maio/23: 44

Jun/23: 17

Jul/23: 04

Ago/23: 11

Set/23: 08

Out/23: 75

Nov/23: 25

 

 

Uso de máscara

A reportagem do Portal Arcos soube que, devido ao aumento do número de casos confirmados a secretaria municipal de saúde de Arcos solicitou que todos os profissionais do Hospital São José e dos PSF’s voltassem a utilizar a máscara de proteção facial.

Devido a isto, perguntamos para a secretaria de saúde se realmente foi feita esta solicitação aos profissionais. Em resposta, eles informaram que: “Não houve nenhuma recomendação para os profissionais de saúde deixarem de usar máscara de proteção facial, visto que não temos apenas a Covid-19 como doença infectocontagiosa. Porém, com o aumento do número de casos reforçamos a orientação de que os profissionais de saúde façam uso da máscara quando em exercício”.

Também perguntamos se a secretaria pretende informar a população sobre este aumento no número de casos da doença e passar orientações de prevenção, tendo em vista que há pessoas que são consideradas grupo de risco.

Em reposta disseram que: “A orientação a respeito da Covid-19 continua sendo a mesma. Orientamos a procurar atendimento médico em casos de sintomas e uso de máscara facial por pessoas sintomáticas, pessoas positivas/reagentes para Covid-19 e pessoas imunocomprometidas”.

 

Casos Graves

A secretaria informou que até o momento não há registro de casos grave da doença.

A faixa etária de pessoas que estão positivando tem sido variada, tendo bebês de 09 meses a idosos de 88 anos, com e sem comorbidades.

Os sintomas mais recorrentes têm sido os gripais: dor de garganta, cefaleia, coriza, tosse e espirros.

VEJA TAMBÉM

Vereador Ronaldo Ribeiro, Deputado Arantes e lideranças se reúnem com Superintendente do DNIT em BH

Reivindicação de várias outras cidades da região foram apresentadas, mostrando a necessidade de uma intervenção urgente na BR 354

11h06 27 Maio 2024