• 17/05/2022
11 Abril 2022 às 08h29

TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

“Bem aventurados os mansos, porque eles possuirão a Terra”. (Mateus, cap. V, v. 5)

 

Todos nós, cada qual em maior ou menor grau, independentemente de qual religião pertencemos, sentimos que algo diferente está acontecendo. Os dias estão passando com uma velocidade surpreendente, as emoções estão mais afloradas, a sociedade ao redor do planeta se modifica; enfim, o planeta está se modificando. Mas, afinal, o que está acontecendo?

 

Já foi falado em outro artigo que os diversos planetas do Universo são habitados, conforme o mestre Jesus nos ensinara, que “há muitas moradas na casa de meu pai”. Pois bem, cada planeta se encontra em um estágio evolutivo, que varia conforme o nível evolutivo de seus habitantes.

 

Embora não possa ser feita, dos diversos mundos, uma classificação absoluta, pode-se, todavia, em razão de seu estado e de sua destinação, e, baseando-se nas diferenças mais acentuadas, dividi-los de um modo geral, como se segue: os MUNDOS PRIMITIVOS, destinados às primeiras encarnações da alma humana; os MUNDOS DE EXPIAÇÕES E PROVAS, onde o mal predomina; os MUNDOS REGENERADORES, onde as almas que ainda tem o que expiar haurem novas forças, repousando das fadigas da luta; os MUNDOS FELIZES, onde o bem se sobrepõe ao mal; os MUNDOS CELESTES OU DIVINOS, morada dos Espíritos depurados, onde o bem reina inteiramente. A Terra pertence à categoria dos mundos de expiação e provas, e é por isso que o homem nela é alvo de tantas misérias. (O Evangelho Segundo o Espiritismo, pág. 38).[i]

 

Vive-se, na Terra, o momento da grande transição de mundo de provas e expiações para mundo de regeneração. As alterações que se observam são de natureza moral, convidando o ser humano à mudança de comportamento para melhor, alterando os hábitos viciosos, a fim de que se instalem os paradigmas da justiça, do dever, da ordem e do amor. (Transição Planetária, pág. 9). [ii]

 

Desde o momento em que o planeta Terra subiu ao patamar de planeta de provas e expiações, estamos em transição para a regeneração, visto que a lei de evolução nos impele a seguir sempre. Nas nossas múltiplas encarnações, estamos aprendendo e evoluindo, pois, esse é o nosso objetivo, chegar um dia à perfeição. A coletividade de espíritos no grau de evolução semelhante caracteriza a classe a qual pertence o planeta.

 

A Terra chegou em um patamar que já não comporta mais Espíritos que ainda se comprazem no mal, pois, a coletividade já está evoluindo para alcançar o patamar de regeneração. Cabe a nós trabalhar as nossas más tendências para podermos presenciar, nas nossas próximas encarnações, um planeta Terra REGENERADO.

 

Um forte abraço a todos, e que o divino mestre nos ilumine na nossa caminhada.   

 

Everton Luciano Santos Silva - [email protected]

Centro Espírita Bezerra de Menezes

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

Reuniões públicas às terças feiras às 20hs e às quintas feiras às 19:30hs.

Aos sábados, evangelização infantil e escola de pais às 09:30hs; às 18:30hs, mocidade espírita.

 

[i] Kardec, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo.

[ii] Miranda, Manoel Philomeno de. Psicografia de Divaldo Pereira Franco. Transição Planetária.

Fonte da imagem: https://pixabay.com/pt/illustrations/terra-espa%c3%a7o-luz-solar-raios-de-sol-1756274/ Acesso em 10/04/2022.

Colunista
CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

VEJA TAMBÉM

Associação vence equipe do Vila e respira na Copa Regional Sub25

O Vila até tentava chegar, mas parava no bom goleiro Pezinho, que fazia boas defesas

08h00 16 Maio 2022
Domingo tem clássico pela Copa Regional Sub25 de futebol em Arcos

A partida é valida pela quarta rodada da primeira fase da competição

15h30 14 Maio 2022