• 17/05/2022
21 Março 2022 às 09h06

Causas das Aflições

Caros companheiros de jornada, trago-vos hoje uma breve reflexão a cerca deste tema tão importante e que tanto nos instiga as percepções: as causas das aflições!

 

Iniciemos, pois, indagando acerca do tema:

Por que entender sobre as aflições e suas causas?

Eu me sinto aflito ou aflita?

Tenho respostas para as minhas aflições?

Considero justas as aflições a que me encontro?

Continuemos então entendendo sobre o que seriam as “Aflições”.

 

Num conceito tradicional, temos as aflições definidas como sendo “sentimento de persistente dor física ou moral; ânsia, agonia, angústia”.[i]

 

Ampliando a compreensão por meio do ensinamento da Doutrina Espírita, temos:

 

“... as aflições são fruto das imperfeições humanas, consequências das escolhas equivocadas do Homem em qualquer época durante sua trajetória evolutiva...”. [ii]

“... oportunidades de reajuste perante a Lei de Deus. Cada criatura tem a aflição que lhe é própria...”. [iii]

Tomando então essas definições, poderíamos considerar que o conceito trazido pelo Espiritismo nos explica sobre as causas das aflições e o conceito tradicional identifica o efeito das mesmas!

 

Em ‘O Evangelho Segundo o Espiritismo’ temos a seguinte explanação:

 

Quando o Cristo disse: Bem-aventurados os aflitos, o reino dos céus lhes pertence, não se referia de modo geral aos que sofrem, visto que sofrem todos os que se encontram na Terra, quer ocupem tronos, quer jazam sobre a palha. Mas, ah! poucos sofrem bem; poucos compreendem que somente as provas bem suportadas podem conduzi-los ao reino de Deus. Bem-aventurados os que têm ocasião de provar sua fé, sua firmeza, sua perseverança e sua submissão à vontade de Deus, porque terão centuplicada a alegria que lhes falta na Terra, porque depois do labor virá o repouso.  [iv]

 

Nesse sentido, podemos compreender então que as aflições são as provas e expiações às quais estamos sendo conduzidos em cada vivência neste plano.

 

Compreendido então o que são as aflições, indagamos as suas origens.

 

Os espíritos por meio de ‘O Evangelho Segundo o Espiritismo’, nos esclarecem: “De duas espécies são as vicissitudes da vida, ou, se o preferirem, promanam de duas fontes bem diferentes, que importa distinguir. Umas têm sua causa na vida presente; outras, fora desta vida. Remontando-se à origem dos males terrestres, reconhecer-se-á que muitos são consequência natural do caráter e do proceder dos que os suportam”. [v]

 

Mas como distinguir?

 

Continuam a nos esclarecer os espíritos: “Interroguem friamente suas consciências todos os que são feridos no coração pelas vicissitudes e decepções da vida; remontem passo a passo à origem dos males que os torturam e verifiquem se, as mais das vezes, não poderão dizer: Se eu houvesse feito, ou deixado de fazer tal coisa, não estaria em semelhante condição”. [vi]

 

O nosso companheiro de Jornada Haroldo Dutra Dias complementa em sua obra ‘Despertar’, a seguinte questão:

 

Cada criatura tem a aflição que lhe é própria. É por isso que o Espiritismo, em sua condição de Consolador Prometido, vem esclarecer e consolar nossas dores. E o primeiro ponto a ser esclarecido é: A maior parte de nossos sofrimentos tem sua causa na vida atual e está relacionado ao nosso caráter, nossas escolhas... Por essa razão o que propõe o Espiritismo? Renovação moral, transformação do caráter, absorção de valores morais e espirituais que pacifiquem o nosso coração, que nos deem sabedoria para viver. Viver bem. [vii]

 

‘O Evangelho Segundo o Espiritismo’ complementa o entendimento remontando às origens às quais não conseguimos identificar nessa existência: “Mas, se há males nesta vida cuja causa primária é o homem, outros há também aos quais, pelo menos na aparência, ele é completamente estranho e que parecem atingi-lo como por fatalidade”. [viii]

 

A obra ‘Despertar’ de Haroldo Dutra Dias, nos auxilia a complementar esse entendimento:

 

Há males para os quais a pessoa em nada contribuiu, ela é subitamente atingida pela adversidade (algumas doenças, abandono de um ser amado, revés financeiro... etc). Sua vida parece se transformar, perder sentido, e repentinamente ela passa a enfrentar sofrimento indescritível. Por mais que ela tenha agido com prudência, seriedade, honestidade não foi suficiente para poupá-la daquele sofrimento que parece chegar gratuitamente. Nesse momento é que o Espiritismo apresenta a sua mais alta dose de consolação ao espírito humano dizendo: Nós não somos o resultado de uma só vida. Uma só vida é insuficiente para explicar a vida. Por sua vez vem o Espiritismo e nos explica acerca de nossas múltiplas existências, todas elas solidárias. Nossas existências se unem, e nós não podemos cometer o equívoco de avaliar uma criatura somente pelo corpo. [ix]

 

Compreendemos por fim que as causas das aflições provêm de duas fontes: da nossa existência atual ou do passado, ou seja, de existências anteriores!

 

Nos perguntamos, então, existe algo que podemos fazer para remediar ou minimizar tais aflições?

 

E o Nosso Mestre Jesus nos dá a orientação: a prática da caridade!

. Benevolência para com todos;

. Indulgência para com as imperfeições alheias;

. Perdão das Ofensas. [x]

 

Aproveitemos o nosso tempo para praticar a caridade, sermos presentes na vida do próximo, amarmo-nos uns aos outros, e, dessa forma, teremos a certeza de que estaremos no caminho certo, buscando o entendimento para as nossas aflições!

 

Que Deus nos abençoe, que a paz do Mestre Jesus esteja com todos vocês.

Um abraço.

 

Cristiana Oliveira dos Santos Gonçalves - [email protected]

 

Centro Espírita Bezerra de Menezes

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

Reuniões públicas às terças feiras às 20hs e às quintas feiras às 19:30hs.

Aos sábados, evangelização infantil e escola de pais às 09:30hs; às 18:30hs, mocidade espírita.

 

 

[i]Disponível em  <https://www.ufrgs.br/psicopatologia/mdagord.htm#:~:text=**afli%C3%A7%C3%A3o%3A%201.,retomou%20o%20conceito%20de%20defesa.> Acesso em: 20/03/2022.

[ii] Disponível em <https://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2013/01/Mod-3-Rot-3-Sofrimentos-humanos-origem-e-causas.pdf>. Acesso em: 20/03/2022.

[iii] Disponível em <https://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2013/01/Mod-3-Rot-3-Sofrimentos-humanos-origem-e-causas.pdf>. Acesso em: 20/03/2022.

[iv] KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o espiritismo. 16ª ed. Boa Nova Editora, 2004.

[v] KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o espiritismo. 16ª ed. Boa Nova Editora, 2004.

[vi] KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o espiritismo. 16ª ed. Boa Nova Editora, 2004.

[vii] DIAS, Haroldo Dutra. Despertar: nossos desafios na transição planetária. Editora Intelítera, 2020.

[viii] KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o espiritismo. 16ª ed. Boa Nova Editora, 2004.

[ix] DIAS, Haroldo Dutra. Despertar: nossos desafios na transição planetária. Editora Intelítera, 2020.

[x] KARDEC, Allan. O livro dos espíritos. 9ª ed. Boa Nova Editora, 2004. Questão 886, pág. 342.

Colunista
CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

VEJA TAMBÉM

Associação vence equipe do Vila e respira na Copa Regional Sub25

O Vila até tentava chegar, mas parava no bom goleiro Pezinho, que fazia boas defesas

08h00 16 Maio 2022
Domingo tem clássico pela Copa Regional Sub25 de futebol em Arcos

A partida é valida pela quarta rodada da primeira fase da competição

15h30 14 Maio 2022