• 28/06/2022
24 Janeiro 2022 às 09h48
Atualizada em 24/01/2022 às 09h50

Doutrina Espírita e sua relação com a ciência

Parte 1

Nesse tema, abordaremos as duas perspectivas da ciência relacionada ao Espiritismo divididas em duas partes. A primeira é a visão Espírita da ciência material e a segunda é a ciência dentro da Doutrina Espírita, ou seja, uma das bases fundamentais da Doutrina, fundada na religião, na filosofia e na ciência.

 

De início, cabe descrever o que é ciência.

 

Ciência é o conhecimento obtido por estudos, observações e experimentações, que podem ser testadas ou replicadas através de metodologias pré-estabelecidas. Ciência não é algo inquestionável, mas se o for, que seja por métodos também científicos que comprovem a afirmativa discutida. A ciência se baseia no senso crítico e difere do senso comum, que é quando dizemos “eu acho isso ou aquilo”, ou, ainda, “as pessoas dizem que é assim ou assado”.

 

O que a Doutrina Espírita nos ensina sobre a ciência terrestre ou ciência material?

 

No livro ‘O Consolador’, pelo espírito Emmanuel e psicografado por Francisco Cândido Xavier, a primeira pergunta se refere às ciências terrestres, conforme transcrito abaixo.

 

Tem o Espiritismo absoluta necessidade da ciência terrestre?

 

Essa necessidade de modo algum pode ser absoluta. O concurso científico é sempre útil, quando oriundo da consciência esclarecida e da sinceridade do coração. Importa considerar, todavia, que a ciência do mundo se não deseja continuar no papel de comparsa da tirania e da destruição, tem absoluta necessidade do Espiritismo, cuja finalidade divina é a iluminação dos sentimentos, na sagrada melhoria das características morais do homem. [i]

 

Ou seja, não é o Espiritismo que necessita da ciência material ou terrestre, mas pelo contrário, nós os encarnados que dependemos dos desencarnados para auxiliar-nos nos usos e desenvolvimentos da ciência terrestre.

 

A ciência material nos permite ter mais longevidade na vida, nos permite ter mais qualidade de vida, mais eficiência nos trabalhos que desenvolvemos, nos permite ter mais produtividade, podendo, assim, atender um maior número de pessoas, entre outras inúmeras situações.

 

Quando o Espírito Emmanuel revela que a ciência depende do Espiritismo para não ser comparsa da tirania e da destruição, podemos dar como exemplo a criação e uso dos aviões. O avião foi uma criação que poderia ser utilizada apenas para diminuir a distância entre as pessoas e para o transporte de produtos. Mas, na mão de espíritos pouco evoluídos foi utilizado para destruição e morte nas guerras.

 

Outro exemplo mais recente é o uso da tecnologia e internet, ou seja, hoje não há como negar que a internet e a criação de aplicativos melhoram nossas vidas, mas, também, podem ser utilizadas para hackear, roubar ou espalhar notícias falsas.

 

Existem casos inusitados nos quais nos deparamos com algum problema sem solução, e, quando menos esperamos, vem uma ideia inovadora para solucioná-la. A psicologia chama isso de intuição, que ocorre de forma muito frequente entre os mais diversos pesquisadores e pessoas.

 

O Espiritismo conhece esse fenômeno como a comunicação entre os desencarnados e os encarnados.

 

Assim, a ciência material ou terrestre é muito importante para o desenvolvimento da humanidade e aprimoramento moral, e, o estudo da Doutrina Espírita, com auxílio dos desencarnados, nos intui para aprimorá-la e nos ensina a utilizá-la da melhor forma possível.

 

No ‘Livro dos Espíritos’, a questão 19 nos auxilia a compreender a relação entre a ciência e o progresso intelectual e moral, veja-se:

 

Não pode o homem, pelas investigações científicas, penetrar alguns dos segredos da Natureza?

 

A Ciência lhe foi dada para seu adiantamento em todas as coisas; ele, porém, não pode ultrapassar os limites que Deus estabeleceu.[ii]

 

Na próxima semana trataremos da ciência como base fundamental da Doutrina Espírita, ou seja, no que consiste a ciência na base da Doutrina.

 

Fiquem todos bem!

 

Evandro Marinho Siqueira – [email protected]

 

Centro Espírita Bezerra de Menezes

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

Reuniões públicas às terças feiras às 20hs e às quintas feiras às 19:30hs.

Aos sábados, mocidade espírita às 18:30hs.

 

[i] O Consolador / pelo Espírito Emmanuel; psicografado por Francisco Cândido Xavier – 29 Ed. Brasília: FEB,2016.

 

[ii] KARDEC, Allan. O livro dos espíritos: princípios da doutrina espírita. Editora Montecristo, 2021.

 

Colunista
CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

VEJA TAMBÉM

Bombeiros combatem incêndio em ônibus na Rodoviária de Arcos

Foram aproximadamente três horas de prazo, entre combate às chamas, rescaldo e coleta de dados e informações, e com o uso de cerca de 5.000 litros de água

09h33 28 Junho 2022

Obituário

FALECIDO EM: 22/06/2022
Sueli Maria Rodrigues
FALECIDO EM: 21/06/2022
Catarina Pereira de Oliveira
FALECIDO EM: 21/06/2022
Carmem Silva Leal
FALECIDO EM: 21/06/2022
Lúcia Teixeira Veloso
FALECIDO EM: 20/06/2022
Cláudio Rosa
FALECIDO EM: 19/06/2022
Maria Aparecida Gonçalves Amaral