• 28/06/2022
17 Janeiro 2022 às 10h04
Atualizada em 17/01/2022 às 10h04

O caráter filosófico do Espiritismo

A Humanidade ao longo de milênios de experiências sobre o orbe terrestre sempre se ocupou de assuntos relacionados ao pensamento filosófico, mesmo que de forma rudimentar.

 

O primeiro sentimento inato ao ser humano, ligado ao pensamento filosófico, é a certeza da existência de um “ser superior”, presente desde as eras remotas, onde ainda habitávamos as cavernas e éramos seres “embrutecidos”. Tudo que escapava à compreensão era ligado a divindade. O sol era um Deus, o raio era um Deus, o vento, a chuva e por aí vai.

 

Com a evolução natural da humanidade, esses fenômenos naturais deixaram de ser reverenciados como divindades, passando a serem explicados racionalmente pela ciência. É nesse momento que as religiões ganham importância, pois, passam a ser o diferencial filosófico/moral de um povo.

 

Cada religião tem sua importância na medida em que leva o indivíduo a ser uma pessoa melhor e consequentemente melhora a sociedade onde está inserido.

 

Decorridos quase 2000 anos após a vinda do mestre Jesus, os Espíritos anunciam a construção de uma doutrina programada para fazer a humanidade acelerar a evolução, já que os ensinamentos do mestre estavam adormecidos em vários indivíduos.

 

Para ilustrar essa construção, na introdução de ‘O Livro dos Espíritos’, Kardec informa que “os Espíritos anunciam que os tempos marcados pela Providência, para uma manifestação universal são chegados. Esse livro é uma compilação dos seus ensinamentos. Foi escrito por ordem e sob o ditado dos Espíritos superiores para estabelecer os fundamentos de uma filosofia racional, livre dos preconceitos do espírito de sistema.” [i]

 

Como base da filosofia espírita, temos os seguintes ensinamentos: a existência de Deus, a pluralidade das existências e a pluralidade dos mundos habitados.

 

Deus é eterno, imutável, imaterial, único, todo-poderoso, soberanamente justo e bom.

 

Somos seres multimilenares, já atravessamos diversas experiências e teremos mais incontáveis reencarnações, a fim de sermos melhores a cada dia, tendo a oportunidade de consertar os erros do passado. Aqui se encontra um aspecto da justiça divina; somos artífices das nossas existências, traçando um futuro melhor a partir do hoje.

 

São diversos os mundos habitados no universo, cada qual com seu nível evolutivo, estando a Terra em um dos níveis mais baixos, passando por um momento de transição para um nível superior.

 

Desta maneira, podemos concluir que o Espiritismo veio acender uma luz no nosso pensamento que não encontrava resposta para variadas questões. Encontraremos várias respostas aos nossos questionamentos nas 1.018 questões de ‘O Livro dos Espíritos’, que faz nossas concepções de vida se ampliarem imensamente.Fica aqui o convite e o desejo de bons estudos desse formidável livro.

 

Everton Luciano Santos Silva - [email protected].com.br

 

Centro Espírita Bezerra de Menezes

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

Reuniões públicas às terças feiras às 20hs e às quintas feiras às 19:30hs.

Aos sábados, mocidade espírita às 18:30hs.

 

 

 

[i] KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos, pág. 32. 

Colunista
CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES

Rua Olegário Rabelo, nº 455, Bairro Brasília, Arcos/MG

VEJA TAMBÉM

Obituário

FALECIDO EM: 22/06/2022
Sueli Maria Rodrigues
FALECIDO EM: 21/06/2022
Catarina Pereira de Oliveira
FALECIDO EM: 21/06/2022
Carmem Silva Leal
FALECIDO EM: 21/06/2022
Lúcia Teixeira Veloso
FALECIDO EM: 20/06/2022
Cláudio Rosa
FALECIDO EM: 19/06/2022
Maria Aparecida Gonçalves Amaral