• 21/04/2024
16 Setembro 2021 às 15h57
Atualizada em 16/09/2021 às 15h58
Fonte de Informação: Geraldo Ló.

É Sonho ou Utopia

Geraldo Ló.

Em 1.740, o Rei Ambrósio lutava contra o jugo português tentando libertar os escravos afro-brasileiros e índios, ou alforriando-os; porém o executaram pelas mãos do português Inácio Correia Pamplona em 1.760, o mesmo algoz que junto a seus amigos Joaquim Silvério dos Reis e Basílio Bento Malheiros denunciaram Tiradentes em 1.789.


    Em 02 de setembro de 1.822 a Princesa Leopoldina assinou o decreto que separava o Brasil de Portugal que  encaminhado ao Imperador D. Pedro I, proclamou a Independência em 07 de setembro, de 1.822.


    A Princesa Izabel, iluminada pelo Iluminismo, assinou a Lei do Ventre Livre, em 28 de setembro de 1.871, isto é, quem nascesse após esta data estaria livre da escravidão, e o decreto de 28 de setembro de 1.885, chamado Lei Euzébio de Queirós, tornava livre os escravos maiores de sessenta anos. A abolição da escravatura ocorreu em 13 de maio de 1.888, pela Lei Áurea da Princesa Izabel. Nada mudou desta época pra cá, os negros continuam discriminados, e quase toda população escravizada, pois a aposentadoria só pode ser requerida aos 65 anos (ou mais) , no valor de um salário mínimo  para a maioria. 


    O Brasil continua partido entre os do Norte- Nordeste e os do Sul-Sudeste, isto é, entre toras e gravetos e sem um líder que unifique o país, triste comemoração este 07 de setembro.


    Corumbá em Festa


    Neste, 05 de setembro, houve muito regozijo na Comunidade do Corumbá, com o decerramento do banner do Rei Ambrósio, com isto mantivemos a centelha acesa, para o reconhecimento do “Quilombo do Ambrósio” e transformar o local em um ponto turístico, principalmente com o lançamento do filme do nosso amigo e súdito o cineasta Abelardo Pereira.

 

Geraldo Ló.

Colunista
Geraldo Ló

VEJA TAMBÉM

Oito dos nove vereadores mudam de partido antes das eleições municipais

Com o fim da janela partidária, aberta entre os dias 7 de março e 5 de abril deste ano, oito dos nove vereadores de Arcos trocaram de partido político. A única exceção é a vereadora Kátia Mateus, que se mantém no PL.

15h36 18 Abril 2024