Notícia

Região 08 Abril 2021 Por TV Bambuí

Homem cai em golpe do falso anúncio e perde R$25 mil para golpista, em Bambuí


Compartilhe:

Um homem, de 40 anos, natural de São Paulo, perdeu R$25 mil acreditando estar comprando um jet-ski de um bambuiense, na manhã desta terça-feira (06), em Bambuí. O criminoso usou o golpe do falso anúncio da OLX para enganar as vítimas.

Como o golpe funciona

O criminoso clona anúncios verdadeiros na internet e disponibiliza para venda os produtos por um valor muito abaixo do praticado. Após receber propostas pelo anúncio falso, o golpista ‘intermedia’ a venda entre vendedor e comprador. O golpista se apresenta como comprador para o vendedor verdadeiro e diz que irá encaminhar um amigo para avaliar o veículo.

A vítima, por outro lado, é informada que irá comprar o veículo a título de pagamento de uma dívida entre o proprietário e o golpista, e que por esse motivo não poderia argumentar com o vendedor ou negociar o pagamento. Acreditando estar fazendo um bom negócio, pagando 50% a menos no valor do produto, a vítima concorda e é enganada pelo criminoso.

O golpe em Bambuí

O vendedor, de 32 anos, natural de Bambuí, narrou que divulgou na OLX a venda do JET-SKI por R$50 mil, e que em data anterior foi procurado por um homem que se identificou por “Renato”. O golpista disse que encaminharia um amigo até Bambuí para avaliar o veículo e que realizaria o pagamento via transferência bancária.

Já o real comprador, chegou no município e realizou a transferência de R$25 mil para um homem identificado por “Gabriel Angelo” que havia divulgado a venda do JET SKI no facebook.

Após a transferência para o golpista, o comprador anunciou que levaria o veículo, porém o vendedor disse que não havia recebido nenhum pagamento via transferência. Nesse momento, ambas as vítimas perceberam ter caído em um golpe.

Diante de toda a situação a Polícia Militar foi acionada e registrou a ocorrência para providências futuras. As informações bancárias do golpista, possivelmente de um laranja, foram repassadas para a Polícia Civil e serão investigadas.

COMENTÁRIOS