• 17/06/2024
05 Outubro 2020 às 15h04
Atualizada em 05/10/2020 às 15h04
Fonte de Informação: Iguatama Agora

Incêndio de grandes proporções na comunidade do Olaria em Iguatama assustou os moradores no final de semana

Cerca de 25 homens, dois tratores e dois caminhões pipa participaram do combate as chamas no local

   No início da tarde do último sábado (03) de setembro, por volta das 13 horas o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais do posto avançado de Arcos foi acionado para combater um incêndio na zona rural de Iguatama.

 

   Ao chegar no local, foi constatado um incêndio de grandes proporções já atingindo uma extensa área.


   O combate às chamas iniciaram-se próximo as residências e em seguida, munidos de mochilas costais e abafadores continuamos o combate nas áreas de pastagem onde era possível o acesso.

 

   Durante o combate foi necessário que fazendeiros remanejassem seus rebanhos de gados para que os animais não fossem atingidos pelas chamas. Ainda durante o combate às chamas um trator foi queimado enquanto tentava fazer aceiro para contenção do alto volume do fogo.

 

   O incêndio atingiu diversas áreas como, pastagens, cerrado, reserva florestal, mata ciliar entre outras. Os trabalhos de combate às chamas duraram cerca de 8 horas e 4 militares do Corpo de Bombeiros trabalharam no combate às chamas.

 

   Com o alto volume das chamas o Corpo de Bombeiros solicitou apoio à Prefeitura Municipal que enviou um caminhão pipa para ajudar no combate. O secretário de Meio Ambiente do município, Leandro Henrique Oliveira Chaves compareceu no local ajudando no combate às chamas.

 

   Foi realizado contato com as empresas, Cazanga e Usina Bioenergia de Bambuí que possuíam plantações próximas do local. Funcionários das empresas compareceram também para ajudar.

 

   Por volta das 21:00 horas os trabalhos de combate às chamas foram interrompidos por motivos de segurança das equipes de combate. Além dos militares do Corpo de Bombeiros e funcionários da Prefeitura de Iguatama, ajudaram no combate às chamas donos de fazendas e funcionários das empresas citadas, totalizando cerca de 25 homens na linha de frente, dois caminhões pipa e dois tratores.

 

   No dia seguinte domingo (04), o Corpo de Bombeiros compareceu no local e com a ajuda de voluntários conseguiu debelar as chamas. As causas do incêndio não foram identificadas, não houve vítimas, apenas danos materiais. 

 

Orientações do Corpo de Bombeiros:

Não provoque queimadas, além dos inúmeros danos à fauna e flora, provocar queimadas é crime ambiental, estando o infrator sujeito às sanções previstas em lei própria.

VEJA TAMBÉM

Principais ocorrências policiais dos últimos dias

O fim de semana foi marcado pelo registro de 04 ocorrências de destaque em Arcos.

10h52 17 Junho 2024