Notícia

O valor de sua conta de água também aumentou? A Copasa de Arcos esclarece em nota sobre o assunto


Compartilhe:

   O Portal Arcos recebeu uma reclamação de um arcoense na última terça-feira (10), cujo o senhor em questão mencionou um grande aumento em sua última conta comparado ao mês anterior,  sendo este que teve o mesmo consumo de água nos dois meses.

 

  Além deste fato, foi visto várias outras reclamações em redes sociais com arcoenses relatando o mesmo problema em suas contas de água. É de conhecimento da população o aumento de 8% nas tarifas, porém o que é questionado é o fato do aumento ser superior a este, com valores chegando ao dobro ou mais do valor anterior.

 

   Para esclarecer para população, o Portal Arcos entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Copasa, questionando referente a todos os problemas enfrentados atualmente pela população, como por qual motivo o aumento de 8% foi adotado, se houve outro aumento ou mudança que tenha acrescentado além dos 8% mencionado, se o valor da tarifa foi somente em Arcos ou em outras cidades que a empresa dispõe dos serviços, questionamentos se é possível que tenha ocorrido algum erro nas cobranças de consumo de água da população, além destas, foi perguntado como as pessoas que estão em duvida do valor de suas contas de água podem contestar e de que maneira pode ser feita.

 

  Na oportunidade indagamos sobre qual o último investimento feito pela Copasa em prol de uma melhor qualificação e segurança de abastecimento em Arcos, sobre o nível, estado e cuidado do reservatório de água que abastece a cidade e se com o aumento de 8% citado na conta de água, terão investimentos da Copasa na cidade. Em nota a Copasa nos respondeu todas as perguntas abordadas, confira:

 

   A Copasa informa que:

 

 

   Alteração tarifária

 

 

   A Companhia esclarece que, de acordo com a Resolução 127/2019, publicada em 29/06/2019, o reajuste tarifário, em média, de 8,38%, autorizado pela Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae MG), incide desde o dia 1º de agosto de 2019 nas faturas de todos os consumidores da Copasa, inclusive daqueles beneficiados com a tarifa social.  Os reajustes tarifários anuais têm o objetivo de repor a inflação e proporcionar os investimentos para garantir a eficiência dos serviços.            

 

 

   Substituição de hidrômetros

 

   Como qualquer aparelho de precisão, o hidrômetro está sujeito a eventuais desgastes e defasagem tecnológica. Para isso, a Copasa por meio do Programa de Melhoria de Qualidade da Micromedição, em 2018, intensificou a substituição dos equipamentos, em atendimento à Portaria 295 de julho de 2018, do Instituto Nacional de Metrologia Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que recomenda a troca periódica dos aparelhos por equipamentos mais modernos, em intervalos de até sete anos. A substituição do parque de hidrômetro em todo o Estado por hidrômetros mais modernos também tem como propósito garantir a precisão da medição do volume de água consumida nos imóveis, manter o padrão de qualidade da prestação dos serviços e o nível de satisfação dos clientes.

 

 

   A execução desse serviço é de total responsabilidade da Copasa e não acarreta nenhum ônus para o cliente. Para maior segurança, a Copasa orienta aos moradores que os profissionais responsáveis pela substituição dos hidrômetros se apresentam devidamente uniformizados e portando o crachá de identificação da empresa.

 

 

   Tarifa Social

 

    O cliente que possui cadastro no CAD'Único pode obter o desconto de até 55% nas tarifas da empresa, bastando somente apresentar o documento de cadastramento emitido pela prefeitura.       

 

 

    Arcos

 

   A Copasa informa que, em Arcos, ocorreu o cancelamento da tarifa social de 80 imóveis que tinham o benefício com desconto de até 50% da tarifa total, uma vez que os proprietários desses imóveis não apresentaram a documentação necessária para o recadastramento de suas residências para manter o benefício, apesar de terem sido alertados por meio das faturas para fazer o recadastramento.


 

    A Companhia informa ainda que, aquele cliente que perdeu o cadastramento no CAD'Único, deverá procurar a Prefeitura para se cadastrar e, posteriormente ir à agência de atendimento na avenida Magalhães Pinto, 1690, bairro Brasília, para voltar a obter o benefício da tarifa social. 



    A Companhia informa que está investindo mais de R$ 7 milhões para a melhoria dos serviços prestados em Arcos. As obras no sistema de abastecimento, que inclui a implantação de uma nova unidade de captação de água no rio Candonga, aumentarão em 50% a capacidade de abastecimento município, ajudando a combater os efeitos da crise hídrica.

 

 

    Até o momento, foram finalizadas a instalação de sete mil metros de adutora que conduzirá a água do rio Candonga até a Estação de Tratamento de Água (ETA) e a travessia sob a BR-354 e sob a linha férrea da cidade. A próxima etapa será a instalação dos equipamentos na nova unidade de captação às margens do rio Candonga. A previsão é que as obras agora sejam concluídas até julho de 2020.

 

 

     Além da captação no Córrego das Almas e Vargem dos Britos, a Companhia também já está operando três poços profundos perfurados para garantir o abastecimento da cidade durante períodos de estiagem. A Companhia ressalta que ainda possui outros quatro poços prontos para serem ligados para ajudarem no abastecimento da cidade.
 

 

     A Copasa esclarece que em dias de forte calor, como os das últimas semanas, esses impactos acontecem devido ao alto consumo de água. Por isso, é importante que todos adotem medidas de consumo consciente como rotina, principalmente, em períodos de altas temperaturas.

 

 

 

Assessoria de Imprensa - Copasa

(31) 3250-1750 - 99629-3609

imprensa@copasa.com.br

 

 

 

COMENTÁRIOS

Veja outras notícias