Notícia

É implantado em Pains a REDE DE VIZINHOS PROTEGIDOS que em 2017 foi altamente eficaz em Arcos


Compartilhe:

Foi realizada na noite de terça (16), a primeira reunião para a implantação da Rede de Vizinhos protegidos na cidade de Pains. O projeto visa aproximar polícia e comunidade no combate ao crime e no aumento da sensação de segurança. Quase 50 moradores do bairro Alvorada participaram do encontro, o primeiro de um total de três.

 

   O que é a Rede de Vizinhos Protegidos?

 

   É uma rede de moradores que se ajudam mutuamente. Tornam-se uma espécie de ‘câmeras vivas’, ou seja, orientados pela Polícia Militar, adotam estratégias para se proteger, repassando informações de qualquer atitude suspeita, imediatamente, para a PM.

 

   Composição

 

   A REDE DE VIZINHOS é composta por moradores de um determinado bairro ou região, em grupos de residências circunvizinhas. Nas reuniões periódicas com a PM, os moradores são orientados sobre medidas de segurança que devem tomar cotidianamente.

 

   As reuniões

 

  Reunião de apresentação do projeto e primeiro contato entre a PM e moradores dos bairros envolvidos.

 

   Reunião de confirmação e inserção de informações adicionais.

 

   Reunião de lançamento oficial do projeto e entrega das placas aos moradores.

 

    Em Arcos o projeto foi inserido na comunidade em 2017, através da iniciativa dos moradores dos bairros: Grajaú, Cidade Jardim, São Pedro, Cidade Nova e Lurdes, que se mobilizaram e pediram a ajuda da PM, para que pudesse ajudar na implantação de um programa que ajudasse a diminuir o número de furtos na região. Os moradores se organizaram e criaram um grupo na rede social, logo após os vários furtos que ocorreram no início do ano nos bairros desta região.

 

   Após dois meses de implantação do projeto, os vizinhos se mobilizaram e se organizaram para levar à PM as demandas de segurança local e o interesse na implantação do projeto naquela região da cidade. Com isso, o Tenente Bittencourt, Sargento Jonas e Sargento Vieira passaram a atuar diretamente na questão, orientando os coordenadores dos bairros sobre os passos a serem dados e a dinâmica do sistema. Foi o primeiro passo para a formação de várias ‘redes’ em Arcos, agregando outros bairros. Em dois meses de 40 foram para 200 as residências envolvidas no ‘REDE DE VIZINHOS PROTEGIDOS’, deste modo já constatamos de acordo com dados a eficácia da implantação do projeto em todas as cidades, vizinhos e policiais unidos para a melhor segurança de todos.

 

 Em maio de 2017 seguindo as orientações e diretrizes repassadas nas reuniões de implantação do projeto ‘REDE DE VIZINHOS PROTEGIDOS’, os vizinhos denunciaram para a Polícia Militar de Arcos, um homem em atitudes suspeitas pelo bairro São Pedro, após abordagens foi verificado que existia um mandado de prisão em desfavor dele, que é natural de Arcos. Na ocorrência o autor foi preso e conduzido à Delegacia. E desde 2017 depois da criação desta rede (03/08/17), houve apenas 01 (UM) registro de furto consumado a residência e antes da implantação do projeto somente em um final de semana, 05 casa foram invadidas e muitos pertences do moradores levados, como: joias, dinheiro, televisores, carros, etc.

 

    

 

 

COMENTÁRIOS

Veja outras notícias