Região de Nova Serrana / Nova Serrana

Filho acusado de encomendar a morte dos pais em 2015 é julgado em Nova Serrana

São julgados nesta quinta-feira (5), no fórum de Nova Serrana, três pessoas envolvidas na morte de um casal em 2015. Entre elas, o filho das vítimas, Júnior Dias dos Santos, de 24 anos, acusado de ter encomendado a morte dos pais. O júri começou as 7h e a previsão é que dure até a noite.

Os outros dois acusados são Alex Júnior Francisco e Vinicius Carivaldo de Lacerda que, segundo as investigações, foram contratados por Júnior para executar os pais.

O trio está há três anos na penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas. O G1 não conseguiu contato com os advogados dos acusados.

O casal foi encontrado morto em junho de 2015, dentro de uma caminhonete parada em uma estrada de terra perto do povoado de Areias, em Leandro Ferreira. Havia marcas de violência nos corpos.

O promotor responsável pela acusação informou que as provas "são refutáveis e comprovam que o filho do casal é o mandante do crime".

 

Entenda o caso

Um homem de 40 anos e uma mulher de 43 foram encontrados mortos dentro de um carro no dia 4 de junho de 2015, na zona rural de Leandro Ferreira.

Na época, a Polícia Militar (PM) informou que a principal hipótese da morte do casal era homicídio seguido por suicídio. A perícia constatou que o casal foi morto com mais de sete tiros.

Contudo, durante as investigações a polícia chegou até o Alex e Vinicius, que confessaram o crime e disseram, também, que o mandante era o jovem filho do casal. Segundo a Polícia Civil, o que motivou o crime foi a herança que o rapaz receberia dos pais, que eram empresários.

Além disso, Júnior pretendia matar os pais e o irmão que na época estava com 15 anos. Conforme ainda a polícia, durante as investigações descobriu-se que Júnior prometeu aos executores do crime que iria pagar R$ 30 mil pela morte dos pais.

Tags .

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

, 0,

Baixe Aplicativo do Portal Arcos