Centro Oeste / Divinópolis

Mais de quinhentos profissionais da saúde participaram do 1º Seminário de Atendimento à Vítimas de Queimaduras promovido pelo CIS-URG.

Foto: ASSCOM SAMU

O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste Para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (CIS-URG Oeste), dando continuidade aos treinamentos que são propostos para as pessoas que trabalham no pré-hospitalar e aqueles que lidam com urgência e emergência no ambiente hospitalar, promoveu nos dias 13 e 14 de dezembro, de 08 às 13 horas, no auditório vermelho da Faculdade Pitágoras, o 1º Seminário de Atendimento a Vítimas de Queimaduras.

As palestras foram ministradas por três profissionais qualificados. Ostemas, Epidemiologia e prevenção / Cuidados contínuos com as lesões, ficaram a cargo de Izabela Figueiredo de Sousa Honorato, graduada em Enfermagem pela UFMG. Pós- graduada em Trauma, Emergência e Terapia Intensiva pela FCM-MG. Coordenadora de Enfermagem da Unidade de Tratamento de Queimados do HJXXIII-FHEMIG. Membro da Diretoria do Sociedade Brasileira de Queimadura - Regional Minas - gestão 2017-2018.

Eros Augusto Bueno Alvim, graduado em enfermagem pela UEMG, Estomaterapeuta pela UFMG, falou sobre os cuidados iniciais com as lesões.  A classificação das queimaduras e atendimento médico inicial, foi o tema do ministrado pelo Dr. Rogério Barbieri Sichieri, formado pela UFTM Uberaba, Médico Cirurgião Cardiovascular pela SBCCV, Médico Intensivista pela AMIB, Mestre em Ciências Aplicadas À Saúde, UNIVAS Pouso Alegre.

No Brasil, estima-se que 2000 pessoas morrem por ano vítimas de queimaduras e outros dados obtidos em vários estudos as apontam como uma epidemiologia importante. Mesmo quando não levam a óbito, produzem grande sofrimento físico, requerem tratamentos que levam  meses ou anos e o intuito deste Seminário foi mostrar a importância do tratamento adequado e mais ainda, quão importante é a prevenção, pois desde o primeiro dia de 2018, o SAMU Oeste fez 92 atendimentos de vítimas deste tipo de lesão.

Além dos profissionais que atuam nas bases do SAMU Oeste, outros de diversas intituições de saúde e cidades também participaram. Para Josué Costa, condutor socorrista da base do SAMU em Divinópolis, o seminário teve um tema muito útil. “ As dicas dadas contribuem muito para sabermos sobre as novidades e também em como proceder para não agravar a situação”, afirma.

A enfermeira Morgana Batista trabalha no Programa da Saúde da Família na cidade de Luz e também participou do seminário. “Eu vim para aperfeiçoar o meu conhecimento, visto que o PSF também recebe esse tipo de ocorrência e a gente precisa estar com as técnicas e conhecimentos atualizados e repassar isso para toda equipe do PSF”, enfatiza.

Este simpósio de Atendimento à Vítimas de Queimadura é o 11º realizado pelo Núcleo de Educação Permanete (NEP) do CIS-URG Oeste e encerra o calendário dos eventos de treinamentos com participação de um número maior de pessoas em 2018. Desses onze treinamentos, três foram especialmente para profissionais do SAMU Oeste e oito abertos para a participação de estudantes e pessoas que atuam área da saúde.

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

, 0,

Baixe Aplicativo do Portal Arcos