Centro Oeste / Arcos

Copasa iniciará obras de captação no córrego Candonga em Arcos

Melhorias aumentarão 50% a capacidade de abastecimento do município

Foto: Prefeitura

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) está fazendo mais um investimento em Arcos para garantir o abastecimento da população. Será implantando o Sistema do Córrego Candonga, que aumentará em 50% a capacidade do abastecimento do município. A previsão é que as obras iniciem ainda neste mês de abril. Uma nova captação e redes estruturais serão instaladas para ampliar o atendimento à população.

O projeto do Sistema Candonga tem previsão de duração de doze meses, com um investimento na ordem de R$ 4 milhões. A nova estrutura contará com uma adutora com 6,9 km de extensão que levará água do córrego para a Estação de Tratamento de Água (ETA).

"A Copasa não tem medido esforços para implementar as melhorias e ampliações necessárias como forma de garantir a manutenção e continuidade do abastecimento à população de Arcos, mesmo nas situações mais adversas, como a crise hídrica que foi registrada em 2017", afirma o superintendente de Operação Centro e Oeste, João Martins.

Para auxiliar no abastecimento do município até a conclusão do novo sistema, a Companhia também colocou em operação dez poços profundos, que foram interligados ao sistema de distribuição da cidade. Esses poços foram perfurados em áreas públicas e privadas e ajudarão a manter normalizado o atendimento aos clientes.

A Copasa está presente no município de Arcos há mais de 30 anos. Recentemente, a Companhia investiu mais de R$ 10 milhões na melhoria e ampliação dos sistemas de abastecimento de água, como a implantação de nova barragem da captação do córrego das Almas; a duplicação da adutora de água bruta; a ampliação das redes de distribuição e a construção de novas ligações.

Também está em fase final de execução a implantação dos sistemas de abastecimento de Boca da Mata e Calciolândia. Nestes dois municípios foram perfurados e equipados poços profundos, além da implantação de adutora, redes de distribuição, ligações prediais e reservatórios elevados.

Essas obras representam investimentos de mais de R$ 1,7 milhão, que têm possibilitado o atendimento com água tratada a praticamente 100% da população da região. Os investimentos atendem plenamente a Portaria do Ministério da Saúde, que trata da potabilidade da água distribuída para o consumo humano.

Tags Arcos

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

, 0,

Baixe Aplicativo do Portal Arcos