Geral / Artigos

Candidíase Oral

 

 O sapinho (monilíase ou candidíase oral) é uma micose causada pelo fungo Candida albicans, que atinge particularmente a região bucal.

   Este fungo normalmente não causa doenças em um indivíduo sadio, mas tem a propensão de multiplicar-se mais que o normal e causar uma doença quando há um desequilíbrio no ambiente em que ele vive como, por exemplo, uma deficiência em nosso sistema imunológico.

   Os indivíduos mais afetados são os bebês, pessoas idosas, pessoas com doenças imunossupressoras (AIDS, leucemia, etc), pessoas que utilizam determinados medicamentos (quimioterápicos, antibióticos e corticóides), diabéticos e pessoas internadas na UTI.

   O principal sintoma do sapinho é o surgimento de uma camada branca sobre a mucosa da boca, podendo se estender pela bochecha.

É também muito comum em portadores de próteses, como a dentadura. Nos bebês a camada branca pode ser confundida com resquícios de leite. Esses pontinhos brancos surgem na língua, gengiva, parte de dentro da bochecha e lábios. Não se deve raspá-los ou tentar retirá-los porque pode agravar a infecção, além de sangrar e causar dor.

   A dor pode tirar a fome do bebê e interferir na amamentação. Casos mais graves podem ser acompanhados de tosse, febre e problemas estomacais.

    O sapinho é mais comum em crianças e geralmente não é uma doença grave em adultos saudáveis ou crianças. No entanto, pode ser desconfortável e levar a dificuldades com a alimentação infantil se não resolver ou não for tratada.

  Alguns fatores ou doenças podem causar um crescimento excessivo de Candida albicans. Estes incluem tomar antibióticos, ter um sistema imunológico comprometido devido a doenças como a AIDS, diabetes ou quimioterapia. Nestes casos, as complicações da candidíase oral pode tornar-se uma ameaça à vida.

   O diagnóstico é feito basicamente através de exame clínico e histórico do paciente.

   Dor e vermelhidão da boca, acompanhada ou não de manchas brancas ou placas na mucosa da língua e bochecha, podem ser sinal de que o paciente está com aquela infecção fúngica tão popularmente conhecida como “sapinho”. O sapinho, ou monilíase, é causado pelo fungo Candida albicans e, em geral, ocorre em crianças com menos de seis meses, sendo menos comum nas mais velhas. Em adultos, pode indicar desde uma queda na imunidade a alguma doença relacionada à deficiência imunológica. Nestes casos, aparecem como bolinhas avermelhadas ou placas brancas que comumente  não incomodam, mas podem causar dor, ardor e irritação.

  A aparência é bem peculiar: o sapinho se manifesta em pontos brancos, escamosos, que podem cobrir toda a língua ou parte dela e também as gengivas e a parte interna das bochechas. A retirada desses pontos não é simples, já que quando eles são arranhados formam uma área vermelha e inflamada que pode sangrar. Em geral, ele não provoca grandes complicações, mas a dor causada pode prejudicar a alimentação dos bebês.

    Pessoas que usam dentaduras devem limpá-las com frequência e cuidadosamente, para evitar a proliferação de fungos.

    O tratamento da candidíase oral começa com a procura de cuidados médicos e odontológicos regulares em toda a sua vida. Cuidados regulares permitem que o profissional de saúde possa avaliar os riscos de desenvolvimento de candidíase oral e prontamente encomendar testes de diagnóstico para a candidíase e possíveis doenças subjacentes, como diabetes. Essas medidas aumentam muito as chances de diagnosticar e tratar as causas subjacentes da candidíase oral em seus estágios iniciais.

   O tratamento do sapinho em bebês é feito através da aplicação de antifúngicos líquidos diretamente na boca da criança. O bicarbonato de sódio e a violeta de genciana também são recomendados. Analgésicos podem ser prescritos para diminuir a dor em infecções mais fortes.

    Além dos remédios, também são indicados suplementos de vitaminas e sais minerais. O tratamento à base de nistatina também é recomendado.

                                                                           Fonte: www.saudebucal.com

 

Dr. José Donizetti Vieira

Cirurgião – Dentista

CROMG: 9475

Especialista em Odontologia Restauradora e Preventiva

Rua Donato Rocha, 346 – Centro - Arcos (MG)

Fone: (37) 3351-1086

 

Dr. José Donizetti Vieira

Cirurgião – Dentista
CROMG: 9475
Especialista em Odontologia Restauradora e Preventiva
Rua Donato Rocha, 346 – Centro - Arcos (MG)
Fone: (37) 3351-1086

×
As informações e as opiniões expressas nexte texto são de responsabilidade do autor, devidamente identificado acima. Não expressam o pensamento do Portal Arcos e de seus colaboradores.

Mais fotos desta notícia

Tags artigo

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

Av. Governador Valadares, 263, Centro

Baixe Aplicativo do Portal Arcos