Triangulo Mineiro / Araxá

A maior apreensão de drogas dos últimos tempos

Oito meses de investigação, seis pessoas e a apreensão de 1.300 quilos de maconha. Esse foi o resultado de uma operação realizada pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), na última quarta-feira (25). Foram presos Paulo Cesar Antunes Pereira, 28 anos, Jair Siqueri, 44, Odulio Gonçalves Martinez, 47, Renato da Motta Pereira, 28, Wender Wesley Ferreira de Oliveira, 27, e Roberth Afonso Santos Morais. A ação aconteceu na cidade de Frutal, no Triangulo Mineiro.

A droga foi encontrada no fundo falso de um caminhão boiadeiro (próprio para o carregamento de bovinos). A quadrilha era dividida em dois núcleos chefiados por presos de dentro do sistema prisional. Wender distribuiria a droga no Aglomerado da Serra, e Roberth seria responsável pela distribuição dos entorpecentes no bairro São Francisco.

O superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, delegado-geral Marcio Lobato, ressaltou o trabalho da equipe. “Foi uma ação muito importante, que resultou na prisão dos líderes da quadrilha, culminando com um duro golpe ao tráfico”, ressaltou. “É um trabalho que merece destaque e deve ser enaltecido”, completou.

O delegado Marcus Vinicius Lobo Leite Vieira, responsável pela investigação, destacou como a quadrilha agia. “De acordo com as investigações, a quadrilha trazia essa quantidade de drogas para Minas a cada três meses. Wender e Robert se associaram dentro do presídio para trazerem grande quantidade maconha a ser distribuída em suas regiões. O destino escolhido foi a cidade de Ponta Porã, no Estado do Mato Grosso, cidade fronteiriça ao Paraguai, grande produtor da droga, passando pelo Triângulo Mineiro e evitando o Estado de São Paulo”, contou. “Para viabilizar a empreitada criminosa, cada um tinha, do lado de fora da prisão, um associado de confiança que resolvia os assuntos referentes ao transporte da droga”, completou o delegado.

Esses associados, conhecidos como os gerentes da quadrilha, já foram identificados e em breve serão presos. As investigações continuam no intuito de identificar outros integrantes do grupo criminoso.

Tags Frutal

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

, 0,

Baixe Aplicativo do Portal Arcos