×

Veja daqui a pouco no Portal Arcos

Vereador protocola pedido de CPI contra o Prefeito Denilson por suspeita de fraude em licitação

Brasil / Minas Gerais

Secretaria de Estado de Saúde divulga mais duas mortes por febre chikungunya em Minas

Minas Gerais teve mais duas suspeitas de morte por febre chikungunya, além de mais de mil notificações da doença em apenas uma semana. As informações são do balanço divulgado nesta quarta-feira pela Secretaria de Estado de Saúde (SEE-MG), que apontou 7.193 casos prováveis da enfermidade.

Agora somam 10 óbitos em investigação de pacientes com sintomas da febre. Na semana passada, eram 6.020 registros. Em comparação com os últimos três anos, que somam 552 casos, em 2017 já são 12 vezes mais pacientes infectados ou com suspeita da doença.

Assim como a dengue e o zika vírus, e ainda a febre amarela em áreas urbanas, o mosquito Aedes aegypti é o transmissor da chikungunya. E, de acordo com índice de infestação de larvas do mosquito (LIRAa), em Minas 29 municípios estão em situação de alto risco de surto das doenças, com índices acima de 4%, que indica que a cada 100 imóveis visitados, em quatro foram encontrados focos do Aedes. Em outras 78 cidades, a situação é de alerta, com índice entre 1% e 3,9%.

Mais seis casos de febre amarela foram notificados em Minas Gerais, depois de duas semanas em que os números estavam estabilizados. De acordo com balanço divulgado nesta quarta-feira pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), agora somam 1.130 notificações da doença, com 398 casos confirmados. O número de óbitos confirmador é de 143, do total de 203.  Há ainda 46 mortes sobre suspeita da doença.

Mesmo com o decréscimo das notificações de febre amarela desde o mês passado, depois do pico registrado em janeiro deste ano, a vacinação para a doença no estado segue nos posto de saúde das redes públicas municipais, mesmo com o anúncio de que a partir da segunda-feira, dia 17, inicia a campanha de imunização contra a influenza (gripe H1N1).

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

Av. Governador Valadares, 263, Centro

Baixe Aplicativo do Portal Arcos