Brasil / Minas Gerais

Governo federal reconhece emergência por causa da seca em 5 cidades mineiras

Foto: Luis Moura/Estadão Conteúdo

O Ministério da Integração Nacional reconheceu situação de emergência em 5 cidades de Minas Gerais: Serranópolis de Minas, Luislândia, Ponto Chique, Bocaiúva e Indaiabira. O motivo é o prolongado período de seca e estiagem. No país, são mais 14 municipios com o mesmo problema. Em outros 21, são as chuvas intensas, alagamentos, inundações, enxurradas e erosão costeira que levaram à emergência. 

 
A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (5) e permite que as prefeituras solicitem apoio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) para ações de socorro e assistência à população, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas.
 
Para ter acesso a recursos materiais e financeiros de apoio emergencial disponibilizados pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração, os municípios devem apresentar um relatório com o diagnóstico dos danos e o Plano Detalhado de Resposta por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, disponível no site do Ministério. Após a análise técnica por equipes da Sedec, o Ministério define o valor do recurso a ser disponibilizado.

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

Av. Governador Valadares, 263, Centro

Baixe Aplicativo do Portal Arcos