× FECHAR

Enquete Portal Arcos

Está em tramitação na Câmara de Vereadores de Arcos um projeto que vai permitir à Prefeitura patrocinar eventos particulares. O projeto deve ser discutido na próxima segunda-feira.

VOCÊ ACHA QUE OS VEREADORES DEVEM APROVAR O PROJETO QUE AUTORIZA A PREFEITURA INVESTIR DINHEIRO PÚBLICO EM FESTA PARTICULAR?

Resposta

Sim Não

Sul de Minas / Lavras

Polícia Militar em Lavras se torna autossuficiente em energia elétrica

Energia limpa permitirá economia para o Estado e minimiza o aquecimento global

Foto: 6ª Cia.

A 6ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário, com sede em Lavras, se destaca não apenas pelo trabalho realizado na preservação ambiental, agora com exemplo: aquela fração militar deu exemplo de sustetabilidade e de economia dos recursos financeiros do Estado. A 6ª Companhia de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário instalou em seu prédio administrativo um moderno sistema com células fotovoltaicas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

Com a instalação os policiais ambientais passaram a economizar, já que o sistema atende a demanda das instalações e ainda vende, para a própria Cemig, o excedente de energia elétrica produzida naquela unidade militar.

O sistema fotovoltaico é uma fonte inesgotável de energia elétrica uma vez que a produção é a partir da irradiação da luz solar, podendo ser produzida mesmo em dias nublados ou chuvosos. Quanto maior for à radiação solar maior será a quantidade de eletricidade produzida.

Além de toda a economia para os cofres públicos, a 6ª Companhia ainda contribui com a minimização do aquecimento global, uma vez produzindo energia de forma renovável economiza no consumo de energia produzida por usinas hidrelétricas ou termolétricas. Os sistemas fotovoltaicos integrados às edificações urbanas e conectados à rede oferecem diversas vantagens para o sistema elétrico de um país, muitas delas relacionadas à redução de custos e que ainda não são consideradas ou quantificadas.

As vantagens do sistema implantado na 6ª Companhia são: reduz nas perdas por transmissão e distribuição de energia, já que a eletricidade é consumida onde é produzida; redução de investimentos em linhas de transmissão e distribuição; baixo impacto ambiental; fornecimento de maiores quantidades de eletricidade nos momentos de maior demanda (ex.: o uso de ar-condicionado é maior ao meio-dia no Brasil, quando há maior incidência solar e, consequentemente, maior geração elétrica solar); a não exigência de área física dedicada; e rápida instalação devido à sua grande modularidade e curtos prazos de instalação, aumentando assim a geração elétrica necessária em determinado ponto ou edificação.

Tags Lavras

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

Av. Governador Valadares, 263, Centro

Baixe Aplicativo do Portal Arcos