Centro Oeste / Lagoa da Prata

Suspeitos são presos por crime bárbaro em Lagoa da Prata

Foto: Divulgação PCMG

A Polícia Civil em Lagoa da Prata prendeu três suspeitos apontados como responsáveis pelo homicídio de André Nascimento, cujo crime ocorreu em 20 de novembro de 2016.

A vítima, foi encontrada sem vida, com grande parte do corpo carbonizado, em um canavial próximo ao povoado dos Mirandas, sendo reconhecida pelo pai dois dias após a ação criminosa.

Entre os presos, estão Gabriel Bruno da Macena, Márcia Daniella Silva Nere e Edilaine Cristina Borges. Gabriel é suspeito de cometer o crime com o auxílio de J.L. R., adolescente apreendido. Todos confessaram e deram detalhes da execução do crime.

Os envolvidos, suspeitos e vítima, trabalhavam na “Boate Diamante”, situada às margens da rodovia MG-170, em Lagoa da Prata.

A motivação do crime aponta que a vítima ameaçou Gabriel, porteiro da boate, de contar para o esposo de Márcia, gerente do estabelecimento, que o casal estava tendo um caso amoroso.

Segundo as investigações, para impedir que o caso amoroso fosse revelado, Gabriel aplicou uma “gravata” no pescoço de André, na parte externa da boate, até a vítima perder a consciência. Ato contínuo, dentro do estabelecimento, o suspeito Gabriel e o adolescente J.L.R., que estava no local, agrediram a vítima com chutes na cabeça e na barriga.

Ainda, de acordo com as apurações, tanto Márcia quanto Edilaine presenciaram as agressões e, juntamente com os suspeitos, colocaram a vítima no interior do porta malas de um veículo e o levaram até um canavial, onde o corpo foi carbonizado.

Pelas informações prestadas pelo adolescente, quando chegaram ao canavial, foi possível perceber que André ainda estava vivo, sendo possível ouvir suspiros e a respiração da vítima.

Expedidos os mandados de prisão temporária contra os suspeitos, Gabriel foi preso em Lagoa da Prata. Já Márcia e Edilaine, que haviam fugido, foram presas em São Roque de Minas, com o apoio das Polícias Civil e Militar da localidade.


Foto: 

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

, 0,

Baixe Aplicativo do Portal Arcos