Centro Oeste / Carmo da Mata

Corpo de criança desaparecida em encontrada em cova rasa na zona rural de Carmo da Mata

Foto: Reprodução

O corpo da garotinha Ana Clara, de 5 anos, encontrada enterrada em um terreno rural próximo à comunidade de São Bento, zona rural de Carmo da Mata, na madrugada de sábado(19), e foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Campo Belo. A garota foi enterrada em uma cova rasa próximo a uma plantação de eucalipto e o padrasto repassou informações sobre onde havia enterrado, fazendo com que a Polícia Civil chegasse ao ponto.

Com exclusividade, a reportagem do jornal A Notícia conseguiu acesso ao laudo pericial da causa da morte da garota Ana Clara, de 5 anos. Conforme documento com declaração de óbito, a garota foi morta asfixiada, seguido de sufocamento e soterramento. Ainda conforme apurou o jornal A Notícia, Ana Clara não teria sofrido ferimentos.

Em um depoimento a uma equipe de jornalistas, Marciana Pereira, mãe da criança, confirmou que Alex Júnior, o padrasto e suspeito do crime, tinha um histórico de agressões contra ela e que em momento algum passou por sua cabeça que ele havia assassinado sua filha Ana Clara. Ainda de acordo com a mãe, eles tinham um relacionamento de constantes brigas e discussões e já estava buscando a separação.

Veja também

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

, 0,

Baixe Aplicativo do Portal Arcos