• Hino de Arcos para baixar e ouvir

    Coro Rouxinois - Hino Arcos (CLIQUE NA SETA PARA BAIXO PARA BAIXAR O AUDIO)

    Coro Rouxinois - Hino Arcos com Orquestra (CLIQUE NA SETA PARA BAIXO PARA BAIXAR O AUDIO)

     

    HINO A ARCOS (Música do Pe. David Ramos Fernandes - Letra do mesmo autor, posteriormente adaptada e ampliada por uma Comissão Oficial.)

    REFRÃO

    Hoje reunidos em fraternidade,

    Saudamos Arcos, a nossa cidade,

    És cidade jovem, gentil e fagueira,

    Grande esperança da gente mineira.

     

    Dos barris e dos tropeiros,

    À beira de um regato,

    Surgiu teu nome faceiro,

    É a lena que o relata.

    A História vem nos dizer :

    Outros “Arcos” se ufanam

    Do teu nome precederem

    No país dos lusitanos.

     

    Teus jardins e avenidas

    Ostentam régias palmeiras.

    Teus campos e os cerrados

    São fecundos e sagrados.

    As tuas indústrias tem

    Importância mundial.

    Invejável é também

    Teu progresso cultural

                Refrão

    Teus rios correm pro mar

    Por outro mais importante,

    Mas só depois de afagar

    Terras tuas fascinantes.

    E teus saltos impulsivos

    Entremeiam suas vozes

    Com o gorjear festivo

    Dos pássaros graciosos.

     

    Rebentos do teu madeiro,

    Cantamos nomes ilustres,

    Iguais a bons timoneiros

    Te abrindo ditosos lustros

    De calcário a pedreiras

    E suas matas hirsutas

    Se estendem como trincheiras,

    Vazadas de fundas grutas.

                 Refrão

    Oh! Arcos eu quero amar-te,

    Entre as urbes a primeira,

    Pois sempre ouvi chamar-te

    Cidade hospitaleira!

    És uma estrela a brilhar

    Ao lado de tantas mil.

    Queremos te ouvir cantar

    Em todo nosso Brasil.

                Refrão

     -----------------------------------------------------------------

    A COMISSÃO,

    Maria Marlene Rodrigues de Sousa
    Ausênia Nogueira Leão Vidal
    Humberto Soraggi Filho
    João Evangelista Rodrigues
    Vanessa Minucci Guimarães

    ORIGEM DO HINO a ARCOS

    Há muitos anos, nas escolas do município de Arcos, entoa-se uma canção que se convencionou chamar de Hino a Arcos, cuja melodia soa alegre, atraente e graciosa. A letra, porém, é despretensiosa e até ingênua em alguns versos, com falhas gramaticais, no conjunto. Nunca foi um hino oficial. Foi composto por iniciativa particular, jamais oriundo de um concurso. Mas arraigou-se com geral agrado em razão de melodia. Tanto a música como a letra se devem ao Padre David Ramos Fernandes, dos Irmãos de São João de Deus ou Ordem dos Hospitaleiros. (São João de Deus era português e viveu entre 1495 e 1550). Na época (em 1966 ou 1967), Pe. David servia no Hospital São João de Deus, em Divinópolis, MG. E parece ter composto o hino por influência do Dr. Luís Fernandes de Sousa, engenheiro de minas, que era responsável pelo departamento de mineração da Cimento Pains e muito amigo do Pe. David, em Divinópolis. Ao mesmo tempo, Dr. Luís tinha uma filha, Profª Maria Carolina Pimentel de Sousa, que lecionava na novel Escola Estadual D. Berenice de Magalhães Pinto e casada com Dr. Tobias Machado Neto, também engenheiro na citada Cimento Pains. Isto explicaria a inclusão, no hino primitivo, da referência à Cimento Pains” e “Ginásio Estadual”. O hino foi cantado pela primeira vez exatamente numa festa realizada na fábrica de cimento Pains, por um coral de Divinópolis, regido pelo Pe. David.

    OFICIALIZAÇÃO

    No ano de 2003, a partir do mês de agosto, o Presidente da Câmara Municipal de Arcos, Vereador Baltazar Pimentel dos Santos, teve a inciativa de promover a oficialização do hino, já difundido e aceito como tal.

Portal Arcos

jornalismo@portalarcos.com.br

(37)3405-1476

, 0,

Baixe Aplicativo do Portal Arcos